Bendito seja Renan!

É com essa frase que inicio a análise desse jogo. Uma tarde de domingo de sol, jogo em casa e tudo para que o Tricolor levasse os 3 pontos. Só que não!

Com Lugano e Rodrigo Caio na zaga, o Tricolor iniciou muito bem a partida, assim como o Fluminense que também levava perigo. Então , aos 6 minutos, Jucilei marcou seu gol , de forma tranquila, abrindo o placar no Morumbi.

Jogo ficou equilibrado, e nas vezes que o Tricolor Carioca descia ao ataque, tínhamos a muralha Renan Ribeiro , com defesas incríveis!

Destaque dessa primeira etapa para Jucilei e Renan.

Veio o segundo tempo, nenhuma mudança na equipe e  também aos 6 minutos, Wendel empatou o jogo.

Seguimos mal até os 25 minutos, quando Rogério Ceni mexeu no time e tirou o inoperante Cueva para entrada de Lucas Fernandes. Em 5 minutos o jovem fez bem mais que o peruano em quase um tempo e meio.

Daí para frente dominamos mesmo o jogo mas sem eficiência alguma nas finalizações.

Resultado: um empate com sabor de derrota e chances reais de dormirmos na zona de degola.

Resta torcer para Bahia e CAM serem derrotados em seus jogos.

Daqui para frente, só pedreira. E que Deus nos ajude.

 

Rogério Ceni, não dá mais pra ti. Seja humilde, meu caro e pede para sair!

 

Por: Kátia Firmino

 

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 1 X 1 FLUMINENSE

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 25 de junho de 2017, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Anderson Daronco (FIFA-RS)
Assistentes: Rafael da Silva Alves e Elio Nepomuceno de Andrade Junior (ambos do RS)
Público: 17.742 torcedores
Renda: R$ 448.293,00
Cartão Amarelo: Lugano (São Paulo); Lucas (Fluminense)

Gols:

SÃO PAULO: Jucilei, aos seis minutos do 1º tempo
FLUMINENSE: Wendel, aos seis minutos do 2º tempo

SÃO PAULO: Renan Ribeiro; Araruna, Lugano, Rodrigo Caio e Júnior Tavares; Jucilei, Thiago Mendes e Cueva (Lucas Fernandes); Marcinho, Denilson (Thomaz) e Lucas Pratto
Técnico: Rogério Ceni

FLUMINENSE: Julio César; Lucas, Henrique, Reginaldo e Léo; Orejuela, Wendel (Marquinho), Marcos Calazans (Wellington Silva) e Gustavo Scarpa (Renato); Richarlison e Henrique Dourado
Técnico: Abel Braga

(Fonte: ESPN)

Anúncios