Além das conversas e parcerias com o grupo City que já geraram reforços de jogadores, o São Paulo que este ano vendeu Sara ao Norwich, Marquinhos ao Arsenal e agora conversa sobre Pablo Maia com o Fulham, vem recebendo cada vez mais contatos.

Além dos jovens, interesse que é gerado em transferências, os clubes pensam em investimentos e solidificação no mercado brasileiro.

Flamengo e Palmeiras que estão mais estruturados, nem comentam a possibilidade então o alvo principal vira o São Paulo no país por torcida, estrutura e representatividade. A chegada de Textor, Ronaldo, City e 777 Sports são reflexo de um mercado que só crescerá no país.

Além deles, um grupo ligado a um grande clube francês procurou o São Paulo este ano mas as conversas não evoluíram, aguardando o resultado do estudo contratado para a análise de viabilidade de SAF pelo São Paulo.

saopaulo.blog