Preparo físico volta à pauta no São Paulo; Cuca vê falta de ritmo de jogo…

Sao Paulo x Palmeiras, Brasileirao 2019, Morumbi, 13/07/2019, Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press

Pouco antes da pausa para a Copa América, era consenso dentro e fora do São Paulo que um dos aspectos que precisavam ser corrigidos no período era a preparação física do time. Dessa forma, os treinamentos dessas últimas semanas sem jogos foram com enfoque no condicionamento físico dos atletas, que vinham sendo elogiados pela comissão técnica. No entanto, foi só ter a primeira partida oficial para essa problema voltar a assombrar o Morumbi.

Contra o Palmeiras, após um início de muita intensidade, que culminou na abertura do placar por parte do Tricolor, parecia que aquele ritmo se manteria durante os 90 minutos, mas antes mesmo da metade da segunda etapa já foi possível notar a diferença entre as duas equipes na questão física. O rival dominou o segundo tempo, e o torcedor via suas principais peças já sem condições de competir, casos de Hernanes e Pato, que saíram exaustos.

Ambos, que não tiveram uma pré-temporada adequada no início do ano, eram vistos como alguns dos mais beneficiados com a pausa neste período da temporada, tanto nos aspectos de treinamento, quanto nos de recuperação. No entanto, a partida do último sábado mostrou que ainda há algo a ser ajustado, principalmente por serem dois dos principais jogadores do elenco. Naquela altura, já sem Pablo, o time sentiu demais e foi dominado.

Ao ser questionado na entrevista coletiva após o clássico, Cuca disse ter visto evolução em relação ao que pegou quando chegou ao clube. Para ele, não havia como trabalhar esse problema antes de estabelecer um equilíbrio físico no elenco, e o que faltou contra o Palmeiras foi ritmo de jogo, ajuste que a comissão técnica enxerga como necessário neste momento.

– Na questão física eu acho que nós evoluímos, porque no primeiro semestre, por diversos fatores, por já ter jogado um torneio nos EUA, ter jogadores que estavam voltando de lesão, da seleção sub-23, ou seja, você não tinha o equilíbrio, não tinha como trabalhar esse equilíbrio. Hoje eu acho que tivemos uma condição melhor e falta o natural que é o ritmo de jogo, tão importante quanto o condicionamento. Esse ritmo de jogo a gente vai buscar gradativamente, sem dúvida vai melhorar, mas eu acho que hoje deu para ver um São Paulo forte e apenas lamentar o resultado – declarou o comandante.

Após o jogo, no estádio e nas redes sociais, torcedores criticaram essa deficiência da equipe, que já foi vista em outros jogos durante a temporada, em que o São Paulo era dominado pelo adversário, não conseguia ampliar ou abrir o placar e ficava no sufoco para segurar o resultado, sem importar o nível de qualidade dos que estavam do outro lado do campo. No momento, o Tricolor tem o pior ataque do país com apenas 26 gols em 32 partidas oficiais.

Lance!

Anúncios

21 comentários

    • Sei lá, pra qie time torcem esses caras que são fontes? Tudo isso tem que ser levado em consideração, não tô dizendo que não seja verdade, mas tb não devemos acreditar como se fosse uma verdade absoluta.

  1. A próxima desculpa será qual? Campeonato longo e precisa de plantel? Desgaste dos jogos? A Vdd que apostaram tds as fichas em jogadores em declínio físico, dificilmente Pato e Hernanes terão um desempenho físico melhor do que tem agora.

  2. Ta casca. Qdo a gente acha q chego no fundo, alguem da mais uma cavadinha…

    Fora leco
    Fora passaro
    Fora rai
    Fora cuca
    Fora preparadores
    Fora dept medico
    Fora marketing
    Fora
    Fora
    Fora

  3. Raí precisa se explicar. Cuca, ta na hora de fazer esse time jogar bola e ganhar… Próximo jogo contra a fraca Chapecoense que esse ano cai…. Tava botando fé na classificação pra Libertadores…. Mas se continuarmos nesse clima, se.manter na série A vai ser lucro. O SPFC precisa de uma intervenção externa urgente.

    • Cuca eh horrivel. Invencao do rai…

      Rai pelo Lugano…

      Cuca pelo mancini…

      To no desespero. Ate traz o aguirre de volta…

      Qto sofrimento… Volta copa america…

  4. Saiu o estudo financeiro do Itaú, como todo ano o SP seguindo o mesmo roteiro.
    Reportagem no site da ESPN
    “São Paulo: Feitiço do tempo
    Esta é uma expressão repetida em todos os anos nas nossas análises. Nem sempre para o mesmo clube, mas para situações que vemos tantas vezes que dá a sensação de que o tempo não passou. O São Paulo repete os erros dos últimos muitos anos: dependência da venda de atletas para fechar suas contas e fazer investimentos elevados sem sucesso esportivo, além da incapacidade de fazer receitas além da TV. Em 2018 o clube perdeu receitas de Publicidade e não conseguiu transformar seus torcedores em receitas, com Bilheteria e Sócio Torcedor emperrados”

    http://www.espn.com.br/blogs/paulocobos/764685_cruzeiro-curtindo-a-vida-adoidado-flamengo-na-hora-da-colheita-e-palmeiras-dono-da-bola-as-financas-dos-clubes-segundo-estudo-de-banco

  5. Bom, como eu acho difícil surgir um vídeo do Raí em resolução 4K e didaticamente dizendo, em enquadramento perfeito, ao presidente da CBF que se o Edu saísse ele queria a vaga ficamos aqui com a dúvida. Creio que é uma informação bem constrangedora para um profissional do futebol, ainda mais sendo ídolo e muito bem remunerado.

    No mínimo ele já deveria ter soltado alguma nota, que seja no twitter ou instagram, desmentindo. Alias se é mentira o Nicola tem tudo pra se dar mal já que o Caboclo foi citado nominalmente como quem avisou ao Leco sobre isso.

  6. Sobre o caso Raí X CBF:

    Eu tinha esperança nele, parecia ser alguém diferenciado. Mas não deu certo.
    Esse caso do vazamento da CBF só complica a situação.

    Para diretor de futebol do SPFC tem um cara que eu acho que pode ser um bom nome: Rui Costa. Entre outros trabalhos, considero como seu grande mérito o fato de ter remontado o time da Chapecoense após o acidente.

    Essa experiência dele pode ser interessante para garimpar bons jogadores em clubes menores, com baixo custo de aquisição.

    Mas, antes de tudo, tenho que dizer que não vejo possibilidade de nenhum profissional fazer um bom trabalho enquanto tivermos Leco no SPFC.

    Só teremos a chance de sair do buraco quando Leco sair de lá.

    E vou bancar o vidente aqui…

    Sabem quem será o responsável pelo ressurgimento do SPFC?

    RC01. Ele mesmo!

    Colocará o Fortaleza na Sulamericana do ano que vem e sairá de lá para assumir algum clube grande no próximo ano.

    Ganhará títulos importantes nos dois próximos dois anos.

    Voltará ao SPFC coberto de glórias, com carta branca dada pelo futuro presidente.

    Comandará a reestruturação do departamento de futebol, trará de volta profissionais de referência que foram rifados na gestão anterior, colocará gente de confiança em alguns postos-chave.

    Reformulará o elenco de forma cirúrgica.

    Tirará o SPFC da fila e o devolverá às glórias.

    Mas, tudo isso somente depois que o Leco sair de lá.

  7. Rogério Ceni, ganhando títulos importantes com esse lixo de time Fortaleza acho difícil… Série B e copa do Nordeste são competições de
    nível baixo.

    • O comentário diz que ele ganhará titulos importantes depois de sair do Fortaleza. E eu espero que ganhe mesmo. Ele merece. E que um dia volte para o SPFC de verdade.

O São Paulo precisa de nós! Vamos apoiar!