Filho de Sócrates é o novo gerente de futebol do São Paulo

Novo gerente

O São Paulo já definiu quem será seu novo superintendente de futebol. O advogado Gustavo Oliveira, que é filho do ex-jogador Sócrates, entrou em acordo com o clube para ser o gerente de futebol e, inclusive, viaja nesta segunda-feira para o exterior com a delegação tricolor.

Segundo apurou o ESPN.com.br, o cargo do filho de Sócrates será remunerado. A ideia da diretoria tricolor é fazer a intermediação entre vestiário e a direção de futebol.

Gustavo Oliveira presta serviços jurídicos ao Tricolor há cerca de quatro anos, elaborando os contratos dos reforços, e resta apenas o anúncio oficial do clube sobre sua contratação. O futuro superintendente trabalhou na parte burocrática das contratações de Luis Fabiano, Jadson e Paulo Henrique Ganso, entre outros, além de ter participado também de saídas de atletas.

Sobrinho de Raí, um dos principais jogadores da história do Tricolor, Gustavo Oliveira “seguiu o tio e é são-paulino”, de acordo com um dirigente que pediu para não ser identificado. O novo superintendente frequenta a sede social no Morumbi, participando dos jogos entre associados.

Fonte: espn.com.br

50 comentários

  1. A volta do volante foi comemorada por todo o elenco, em especial pelo goleiro e capitão Rogério Ceni, um dos melhores amigos de Fabrício.

    – Ganhamos um jogador experiente, que fala dentro de campo, que cobra a arbitragem. A saída dele foi um prejuízo para a instituição. Se não for por lesão, não se compreende a perda de um jogador desse. O Fabrício não é o Messi, não é o Cristiano Ronaldo, mas agrega alma, é um cara importante. Tem dez anos de carreira profissional. Jogadores com esse perfil não podem ser deixados de lado

    Acho q depois desta declaração do RC, dá p/ notar que ele quer e muito outras lideranças dentro do elenco, ao contrário do que muitos comentaram aqui alguns dias atrás.

  2. Tudo bem não gostar do RC, mas dizer que ele deveria ter dito q não gostava do Ney Franco na frente dele é sacanagem – Quero ver essas mesmas pessoas falar isso na frente do chefe – Sem falar que quem faz isso quer ver o circo pegar fogo, criando panelas e frituras. Sensato o RC que podia ate transparecer que não gostava mas nunca falou com todas palavras pra não aumentar a crise ja instalada no SPFC – E o que ele falou tenho certeza muitos concordariam, o Ney franco podia ser otimo, mas não era ele q dava treinos, por isso o time sentiu uma falta de liderança por parte do tecnico, que jogava a culpa nos jogadores e não assumia seu papel de responsavel, Ao contrario de RC…

    • Penso assim… sacanagem pq??? se ele falou agora, deveria ter falado na frente do ex-treinador… se era chato falar e não podia dizer naquele momento, que guardasse pra ele e não falasse agora, longe do ex-treinador…

      Questão de opinião, apenas…

    • Se ele tivesse dito na frente do NF, teriam criticado o RC por não ser “de grupo”. Não adianta. Se fizer A, reclamam. Se fizer B, reclamam mais ainda.

  3. Marco Aurélio Cunha ‏@vereadormac

    São Paulo FC volta às origens e contrata Sup de Futebol. Gustavo tem ótima formação cultural, filho e sobrinho de craque. Boa sorte ao amigo

  4. Eu entendo os q criticam o RC… mas sempre q olho pra ele em campo, pra tudo o q fez e faz, e pelo q fala, eu imagino q ele é um são paulino até a alma…

    Diferenciado, quando abre a boca mostra uma inteligência e domínio das palavras dificilmente encontrado em jogadores de futebol.

    Talvez isso faça de mim um “Mitete”, rsrs, mas tenho direito e razão para sê-lo. Assim como, claro, os que querem q se afaste do elenco devem ter suas razões.

    Eu sempre acompanho o blog e vejo q o Zanquetta é a favor da aposentadoria do RC (peço mil perdões se eu entendi errado) Mas até ele “sonha” com o RC dirigente, porq a São Paulinidade do RC é, creio incontestável.

    Claro q apenas ser são paulino não capacita ninguém. Mas o RC tem sim potencial pra ser dirigente. Tem inteligência pra isso. Tem vontade de vencer. Acho, espero, torço para q depois da aposentadoria ele tenha algum cargo no SPFC, vá adquirindo experiência de gestão, talvez faça algum curso, sei lá… e fique ainda muitos anos no clube. Pois aí sim teríamos alguém q seja indubitavelmente são paulino e com “ganas de ganar”.

    Desculpem se escrevi muito.

    • O termo “mitete” não deve ser levado pelo lado ruim, depreciativo… para mim sugere um torcedor que gosta demais do goleiro, nada depreciativo…

      O RC foi gigante, enorme como representante da nossa camisa, eu mesmo sempre torci muito por ele, vibrei demais com suas defesas, seus gols, suas belas atuações. Tenho por ele o mesmo carinho e gratidão que tive e tenho por vários e vários jogadores que honraram a nossa camisa.
      A diferença para um “mitete” (veja pelo lado positivo como expliquei acima) é que eu vejo algumas reações por parte dele que não condizem com a sua condição de ídolo incontestável… esse negócio de vir a imprensa pedir contratações, pedir substituições no meio de um jogo, colocar a culpa em outros setores do campo, isentando-se de qualquer culpa por falhas etc, tudo isso no extra campo… mais as suas deficiências nas saídas de gol, espalmadas para o centro da área, ajoelhar-se quando do arremate do adversário etc, isso na parte técnica… somados, os fatores extra campo e parte técnica, eu vejo sim um jogador com algumas deficiências e não um craque incontestável.

      Respeito demais o jogador, sua “sãopaulinidade”, seu lado torcedor, suas belas atuações, seus mais de 100 gols etc etc etc, mas vejo deficiências, só isso… fazendo uma contabilidade, seu saldo é bastante positivo, mas me reservo o direito de vê-lo como um goleiro acima da média, mas não incontestável…

      O problema é que aqui no blog, não se pode falar sobre RC, não se pode nem apontar pequenas falhas, sob pena de ficarem com indiretas, achando que persigo o goleiro, que não gosto dele etc…

      É bom goleiro??? Muito mais do que isso… é um excelente goleiro, recordista de muita coisa, com diferenciais incríveis de reposição de bola e gols, muitos gols, mais de 100, mas que vejo algumas falhas, para ser chamado de “Mito”, intocável etc;…

      • Tenho a mesma opinião em relação ao Rogério Ceni e como goleiro do Tricolor para mim o Zetti foi o maior !!

        Zéééééééééééééttiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

      • Existe algo como ídolo incontestável?

        Acho que o maior problema do RC é ter pronlongado demais a carreira. Mas não vejo isso pelo lado de quebra recordes, dono do time, etc. Vejo paixão e vontade de vencer. Se hoje ele não sai do time talvez seja porque quer ajudar o time a sair dessa. Não acredito que seja por ser “dono do time”, tampouco acredito que tenha tanto poder assim.

        O relativo poder dele se dá pela carreira toda dedicada ao clube. Se fosse tão poderoso assim vocês acham que o Juan seria reintegrado? rsrs

        Acho que o melhor que ele tem a fazer é se aposentar esse ano. Ano que vem não tem Morumbi na Copa, as chances de Libertadores são remotas e muito menos reforços para equilibrar o plantel (se nesse suposto ano de aposentadoria do RC não o fizeram, como garantir isso com o acirramento da disputa pelo poder?).

        Independentemente dele decidir se para ou não, o Autuori deveria começar a revezar os goleiros, para que tanto Denis ou o Renan (é Renan, certo? não lembro) possam pegar ritmo de jogo. Tem Sulamericana e Copa do Brasil pra isso.

  5. Engraçado até … a galera da minha geração (27 anos) … todos tem no Zetti o maior goleiro da história do SPFC.

    Nas peladas de final de semana … sempre que tem um São Paulino que vai pegar no gol … ao fazer uma defesa, grita:

    “Espaaaaaaalmaaaaaaaaa Zééééééttiiiiiiiiiiiiiiiii !!!!!!!!!!!”

  6. Na boa, eu espero do fundo de minha alma são paulina que esse novo diretor tenha espaço e, principalmente, poder pra trabalhar.
    Só li coisa boa sobre ele e temo que se ele adotar a posição de mais um cordeirinho do JJ o SP pode acabar queimando um cara que tem tudo pra dar certo.

  7. Boa sorte ao Gustavo, já tinha ouvido falar bastante dele e ele tem grande potencial, é jovem, com boa experiência e disposição e além de tudo é sobrinho do Rai. JJ mandou muito bem nessa.

  8. Domingo o time jogou de maneira “humilde” e só não venceu por falta de qualidade ofensiva, tivéssemos ao menos um atacante de melhor nível, teríamos vencido a Galinhada.

  9. Ele Boa noite! Bom como aqui é um blog democrático tb vou dar minha opinião. Eu prefiro o RC ao zetti, pelo menos o RC não jogou em nenhum rival. Enfim os dois são lendas.

      • Eu acho que o Zetti faz todos sentirem um certo saudosismo pela época em que ele jogou. Não tem como comparar até porque ele perdeu a vaga pro Rogério, além de ter tido um fim de carreira melancólico no Santos com trinta e poucos anos.

      • E ai Diegão tudo na paz cara e com vc? Ah sei lá cara, os dois tiveram fases sensacionais e marcaram as gerações, uns até a mesma geração o que é o caso do RC que entrou logo na saída do Zetti. Mas como disse acima os dois são lendas, sorte nossa que tivemos os dois. hehehehe

  10. Leo.
    Acho que os dois tiveram a sua importância, e como o Vinicius disse acima, o São Paulo é tão grande que possui 3 ou 4 jogadores na mesma posição brigando para ver quem é ídolo mesmo..

  11. Raí ao vivo agora no programa Roda Viva da Rede Cultura. Não é um programa esportivo, mas tomara que o sobrinho dele tenha a mesma lucidez que nosso ídolo, boa sorte!

  12. Espero, que o Gustavo, tenha sorte no maior do mundo e, não bata de frente com o segundo presidente do SPFC o Rogério Ceni. Pois todos sabem que no spfc, infelizmente, além de ter de agradar o Juvenal é preciso agrada também o R Ceni.

    Só no SPFC, em que o goleiro, tem poder de presidente do clube. Isso é prejudicial ao clube, uma pena, que a grande maioria dos torcedores, não percebe isso. Espero que ano que vem, R Ceni se aposente e, que novas lideranças possam surgir, até pra deixar o ambiente um pouco melhor no SPFC, Sem tanta guerra de vaidade.

    Espero que o novo Diretor de Futebol contratado, junto ao Gustavo, possam formar uma dupla entrosada e, que tenha autonomia para trabalhar sem interferência externa(JJ, Leco, Milton Cruz, JPJL).

      • Quando ele falou que o Lucas era 40% do time
        muita gente torceu o nariz.
        Quando ele falou que precisava contratar discordaram rsrs
        O grupo queixava internamente que o Ney não participava ativamente dos treinos e deixava a cargo de seu auxiliar.

        Se o Ney fez isso mesmo, ele c*g*u.

        Erros demais qeue xplicam o momento atual.

Deixe uma resposta