O ano de 2023 começou bem complicado para o São Paulo. O Tricolor realizou diversas contratações para montar um elenco que pudesse disputar todos os campeonatos, entretanto, as coisas não saíram conforme o planejado.

Já nos primeiros três meses de temporada, o São Paulo já contava com um grande número de jogadores em seu departamento médico, incluindo grandes nomes como Galoppo, Ferraresi e Igor Vinícius.

Por conta disso, o Soberano não foi capaz de ser um time competitivo, o que resultou em uma eliminação precoce nas quartas de final do Paulistão, diante do vice-campeão Água Santa, e um início de Campeonato Brasileiro ruim, com uma derrota na estreia para o atual líder, Botafogo.

Como era a situação da DM Tricolor?

O departamento médico do São Paulo chegou a contar com 12 atletas em recuperação, sendo um dos maiores números em todo o país. Esses desfalques obrigaram o Tricolor a apostar em seus jovens da base para preencher as lacunas sofridas com as lesões, e até que as coisas se saíram bem para o Clube da Fé.

Após assumir o time, Dorival Júnior conseguiu trabalhar com as peças que tinha e impôs sua filosofia, o que resultou em uma grande evolução no futebol do São Paulo. Agora no fim do mês de julho, o número de 12 atletas lesionados caiu para três, dois sendo casos mais sérios e outro mais recente.

Quem ainda está na DM do São Paulo

Após o retorno de Alan Franco para os treinos no gramado sem bola, restaram apenas três jogadores que seguem em recuperação no departamento médico do Tricolor: Galoppo, Ferraresi e Gabriel Neves.

O meia atacante argentino teve uma ruptura no ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo e precisou de cirurgia. Sua lesão aconteceu durante a eliminação para o Água Santa no Paulistão.

A lesão do zagueiro Nahuel Ferraresi aconteceu ainda mais cedo que a de Galoppo. O atleta se machucou durante a partida contra o Palmeiras, pelo Paulistão, logo no primeiro mês de temporada, sua lesão foi a mesma que a do argentino, porém no joelho direito.

Após se lesionar, muito se especulou que o atleta não vestiria mais a camisa do São Paulo, pois estava com seu contrato de empréstimo até a metade do ano. Porém, o atleta segue em recuperação no DM Tricolor e espera renovar o seu contrato de empréstimo.

O último jogador em recuperação é um caso mais recente, Gabriel Neves fraturou duas costelas durante a partida de volta das quartas de final da Copa do Brasil, contra o Palmeiras. O volante segue em recuperação, mas ainda é dúvida para as oitavas de final da Sul-Americana e da semifinal da Copa do Brasil.

Esporte News Mundo