Muitos se perguntam a raz√£o de Liziero n√£o ter mais chances e o S√£o Paulo e Ceni n√£o contarem mais com ele. Vou contar ent√£o, j√° que h√° assessores do jogador e gente que tenta blindar o atleta a todo custo:

Em 2021, o S√£o Paulo tinha conquistado o Paulista e Liziero vinha ent√£o no melhor momento de sua carreira. Em nenhuma temporada, nem com Aguirre, f√£ de seu futebol, Liziero jogara tanto como naquele ano.

Depois de permanecer sete meses afastado e retornar em abril de 2021, durante o começo do trabalho de Hernán Crespo, o meio-campista embalou 46 partidas em 2021, 27 delas no Brasileirão. Foram dois gols anotados no período.

Até que, Ceni assumiu o time e ele atuou 5 jogos seguidos do técnico como titular, era absoluto. Eis que o Momento chave e o jogo chave, destruiu Liziero e desde então, é como se ele tivesse acabado para o técnico:

In√≠cio de jogo contra o Flamengo no Maracan√£, o primeiro de Ceni contra o ex time, Morumbi lotado, S√£o Paulo desesperado, time precisando de confian√ßa, o t√©cnica faz uma prele√ß√£o fort√≠ssima e pede tudo dos jogadores em campo contra um time em ascens√£o e com moral com Renato Ga√ļcho.

Jogo come√ßa, um lance de displic√™ncia, Liziero perde a bola, menos de 25 segundos, gol do Flamengo. O resultado, todos sabemos…menos de 15 minutos e 3×0. Fim de jogo 4×0 porque o time rubro negro que n√£o vencia o SPFC h√° anos seguidos, tirou o p√©. Uma humilha√ß√£o em casa, doeu, todo mundo achou que fossemos cair, estima no lixo, Ceni destro√ßado. O t√©cnico que j√° tinha sido demitido de um jeito esculachado, foi pisoteado, achincalhado ainda mais pela torcida do Flamengo e pela m√≠dia. Ao mesmo tempo, o torcedor do SPFC come√ßou a pedir sua sa√≠da.

O técnico colocou Liziero no banco no jogo seguinte, então a ascensão de Nestor. Liziero não jogou mais. Por isto, Ceni gosta tanto do garoto e o inferno de Liziero, virou seu fim. Em 2022, Liziero foi pro Inter, a direção tentou dar chances a Liziero mas Ceni não quer, não adianta. Liziero para ele acabou.

Liziero agora vai pro Coxa e enquanto Ceni estiver no São Paulo, esqueça.

Aqueles segundos contra o Flamengo, nunca mais ser√£o apagados para Ceni.

saopaulo.blog