São Paulo não terá mais no elenco em 2023 os zagueiros Miranda e Luizão. O contrato do experiente defensor expira no dia 31 de dezembro, enquanto o do jovem de 20 anos vai até 31 de janeiro. Ambos não terão os vínculos renovados.

Com isso, Walce, revelado em Cotia e que não disputa uma partida pelo São Paulo há quase três anos, período em que passou por três cirurgias, pode reconquistar espaço no elenco comandado por Rogério Ceni. O zagueiro, inclusive, vem treinando nas férias para aprimorar a forma física.

A última partida disputada por Walce no São Paulo foi no dia 8 de dezembro de 2019. Na ocasião, o Tricolor venceu o CSA por 2 a 1 pela última rodada do Brasileirão, e o zagueiro atuou os 90 minutos.

Walce ainda disputou outras quatro partidas pelo São Paulo, sendo quatro pelo Brasileirão e uma pela Copa do Brasil. Todas foram realizadas em maio de 2019.

A primeira cirurgia de Walce aconteceu no início de 2020, logo depois de ele romper o ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo durante um jogo-treino pela Seleção Brasileira sub-23, que se preparava para a disputa do Pré-Olímpico.

Quando estava próximo de voltar à ativa, o zagueiro revelado em Cotia teve de ser submetido a uma nova cirurgia por apresentar instabilidade articular. Já em 2021, após a realização de exames de imagem, Walce passou pelo terceiro procedimento cirúrgico por causa de uma insuficiência do enxerto no joelho.

Vale lembrar também que Miranda ainda não definiu de vai se aposentar da carreira de jogador de futebol ou se defenderá outra equipe. Já no caso de Luizão, o São Paulo negocia um acordo com o West Ham, na Inglaterra, pelo jogador.

Gazeta Esportiva