Rodriguinho: o meia de 18 anos passou a fazer parte do elenco profissional do São Paulo em 2022, disputou quatro partidas sob o comando do técnico Rogério Ceni, marcou um gol e deve ganhar mais oportunidades no Campeonato Paulista de 2023, já que conta com o apreço do treinador são-paulino.

Caio: se recuperando de uma cirurgia no joelho direito após romper o ligamento, o atacante disputou apenas duas partidas pelo time profissional do São Paulo em 2022 e marcou um gol, contra o Ayacucho, do Peru, pela Copa Sul-Americana. Caio se destaca pelos dribles e velocidade, características das quais o técnico Rogério Ceni carece.

Beraldo: o zagueiro de 19 anos disputou quatro partidas pelo profissional em 2022, incluindo o clássico contra o Palmeiras, no qual foi expulso após falta em Endrick. Beraldo é outra cria de Cotia que deverá ganhar rodagem durante a disputa do Paulista.

Talles Costa: dos jovens atletas s√£o-paulinos, Talles Costa √© talvez o mais experiente. Com uma trajet√≥ria maior no time profissional do S√£o Paulo, o volante figura um passo √† frente dos demais para se firmar de vez como uma das op√ß√Ķes de Rog√©rio Ceni para o meio-campo da equipe.¬†

Patryck: o lateral-esquerdo fez um jogo pelo profissional em 2022, contra o Fluminense, e acumula convoca√ß√Ķes para as Sele√ß√Ķes Brasileiras de base. A ideia √© lapid√°-lo para que seja uma alternativa para Rog√©rio Ceni ap√≥s a sa√≠da de Reinaldo.¬†

Pedrinho: o jovem deve disputar a Copinha de 2023 com o time sub-20 e logo em seguida ser promovido ao profissional do S√£o Paulo

Newerton: com apenas 17 anos, o atacante chama muita atenção nas categorias de base pela sua capacidade de improviso e habilidade com a bola no pé. O fato de ainda estar em desenvolvimento, no entanto, pode ser um fator que pese para ganhar uma chance no profissional.

Gazeta Esportiva