Igor Gomes retornou à titularidade do São Paulo no último sábado, na derrota diante do Fluminense, por 3 a 1, no Maracanã. O meio-campista não iniciava uma partida pelo Tricolor Paulista há quase dois meses.

Gomes havia sido titular da equipe de Rogério Ceni pela última vez em 11 de setembro de 2022. Desde então, sem contar o duelo com o Fluminense, ele disputou oito jogos – saiu do banco em todos eles. Além disso, ainda não entrou em três oportunidades.

No sábado, com Rodrigo Nestor suspenso, Igor atuou mais recuado e formou o tripé de meio-campo ao lado de Pablo Maia e Patrick. O meia revelado em Cotia, porém, não fez uma partida brilhante no Maracanã.

Apesar do pouco destaque, Igor esteve envolvido no gol são-paulino, ainda no primeiro tempo. O jovem de 23 anos subiu para dividir a bola de cabeça antes de Luciano aproveitar a rebatida, emendar uma bomba da entrada da área e marcar o golaço dos visitantes.

Segundo o Footstats, Gomes deu apenas dez passes (oito corretos) e errou o único desarme que tentou. Além disso, acertou um cruzamento, mas não deu assistências para finalização.

Igor Gomes começou a perder espaço no São Paulo ainda no início de setembro. Naquela ocasião, ele foi expulso contra o Atlético-GO, no jogo de ida da semifinal da Copa Sul-Americana, que terminou com vitória dos goianos por 3 a 1. Desde então, participou dos jogos, mas somou poucos minutos.

Buscando vaga no G8, o São Paulo tem jogo decisivo na terça-feira, às 21h30 (de Brasília), quando recebe o Internacional. A partida no Morumbi é válida pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Gazeta Esportiva