Renato falou que ligou para cinco ou seis jogadores e convenceu eles a vir para o Grêmio em 2023, caso seja mantido como treinador para a próxima temporada.

É claro que todo mundo saiu atrás dos nomes e alguns deles estão vazando. E tem pelo menos quatro jogadores que sabe-se que foram procurados. São eles: Rodinei, Reinaldo, Tchê Tchê e Pedro Raúl. Tem também um quatro, que é o Nenê, que acabou sendo especulado, mas não tem nenhuma confirmação sobre ele. Enfim, fiz aqui um resumo dos que estamos conseguindo descobrir.

  • Rodinei – O lateral que completará 31 anos em janeiro está ficando livre no mercado após a temporada. O Flamengo não fez força para renovar e o Atlético-MG, que estava interessado, não assinou com ele. Sabendo disso, Renato agiu e falou com o jogador. Seu salário atual é bem baixo, na casa dos R$ 250 mil, mas a recente valorização deve subir essa quantia.
  • Reinaldo – Com 33 anos, o ala não acertou renovação com o São Paulo. Seu salário é alto, fala-se em algo perto dos R$ 500 mil. O lado positivo é que pode vir de graça, o nem tão bom assim é que o custo mensal é elevado.
  • Tchê Tchê – O meia de 30 anos pertence ao Botafogo, que pagou R$ 5 milhões para comprá-lo junto ao São Paulo no começo desta temporada. Além disso, o salário também é perto dos meio milhão mensais. Ou seja, são duas negociações complexas. Seja entre clubes e depois com o jogador.
  • Pedro Raúl – Gaúcho, de Porto Alegre, o centroavante de 25 anos é um dos desejos do Renato. Faz alguns meses que estamos ouvindo essa especulação. O problema é que o Corinthians tá na parada e o clube japonês, que é dono do seu passe, pede 4 milhões de dólares (R$ 20 milhões) para fazer negócio. Bem difícil conseguir.
  • Nenê – Há não muito tempo, depois do jogo na Arena, Renato foi visto conversando com ele ao pé do ouvido. Isso, claro, gera alguma repercussão, mas não existe nenhum indicativo que ele tá na lista.

    JBFILHO REPÓRTER