Nesta tarde de domingo o SPFC enfrentou o Palmeiras no Allianz Parque em partida v√°lida pela 32a. rodada do Brasileir√£o.

Entramos em campo com 3 zagueiros e, a meu ver, fizemos um bom primeiro tempo. Jogo foi bem disputado, lá e cá e tivemos algumas boas chances de gol. Porém, por volta dos 44 minutos, perdemos Ferraresi , que levou cartão vermelho após deixar braço em Danilo.

Para o segundo tempo, RC sacou Luciano para entrada de Galoppo, já que a segunda etapa do jogo seria com 10 jogadores em campo. Lucas Beraldo também entrou no lugar de Miranda (ele pediu para sair). Seguimos então levando sufoco até que , aos 19, o juiz marcou pênalti para o Palmeiras em lance que eu não vi nada demais. Penal cobrado por Scarpa e DEFENDIDO por Felipe Alves.

Aliás, que bela partida do nosso goleiro! Não fosse por ele certamente teríamos problemas maiores do que o que tivemos pois, além de tudo, contamos com um juiz caseiro que, aos 45 minutos expulsou Lucas Beraldo e ainda aumentou os já esticados 10 minutos de acréscimo para 11.

Enfim, com 9 em campo, conseguimos um heróico empate contra o melhor time do Brasil, o queridinho da mídia e dos juizes.

√Č isso.

Seguimos!

FICHA T√ČCNICA
PALMEIRAS 0 X 0 SÃO PAULO

Local: Allianz Parque, em S√£o Paulo
Data: 16 de outubro de 2022, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
√Ārbitro: Fl√°vio Rodrigues de Souza (FIFA-SP)
Assistentes: Alex Ang Ribeiro (SP) e Daniel Paulo Ziolli (SP)
VAR: Daiane Caroline dos Santos (FIFA-SP)

Cart√Ķes amarelos: Z√© Rafael, Murilo e Breno Lopes (Palmeiras); Eder, Welington e Calleri (S√£o Paulo)
Cart√£o vermelho: Nahuel Ferraresi e Beraldo (S√£o Paulo)

P√ļblico: 40.795 torcedores
Renda: R$ 3.029.618,51

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Murilo, Gustavo Gómez e Piquerez; Danilo (López), Zé Rafael (Gabriel Menino) e Scarpa; Dudu (Breno Lopes), Mayke (Atuesta) e Merentiel (Endrick).
Técnico: Abel Ferreira.

SÃO PAULO: Felipe Alves; Nahuel Ferraresi, Miranda (Lucas Beraldo) e Luizão; Igor Vinícius, Pablo Maia, Rodrigo Nestor (Marcos Guilherme), Patrick (Igor Gomes) e Reinaldo (Welington); Luciano (Galoppo) e Calleri.
Técnico: Rogério Ceni.