A operadora Claro, uma das donas da Conmebol TV, não aceitou abrir mão de sua exclusividade sobre a final da Copa Sul-Americana entre Independiente Del Valle (EQU) e São Paulo. Por isso, a partida, irá ao ar apenas no canal pay-per-view no próximo dia 1º de outubro, às 17h (horário de Brasília). SBT e ESPN não vão exibir o jogo e só assumem a Sul-Americana no novo contrato, a partir de 2023. 

No consórcio da Conmebol TV, Claro e Sky dividem os valores de parte de um pacote da Libertadores, que era do SporTV, e da Copa Sul-Americana, que era do DAZN até o início da pandemia de Covid-19. A Band, com a equipe do BandSport , cuida da parte técnica e da transmissão das partidas. 

Segundo apurou o Notícias da TV, para tentar a liberação do jogo, a Conmebol e as empresas donas dos direitos precisavam dar o aval para a negociação. Pela entidade máxima de futebol na América do Sul, o negócio com a emissora de Silvio Santos e a Disney a transmissão teria avançado.

A Sky, uma das donas dos direitos, também deu sinal positivo. Mas a operadora Claro, que bancou a maior parte do contrato, entendia que isso prejudicaria o grande alcance que a equipe do canal terá com o jogo. Outro ponto são os valores altos que a própria Claro pagou nos últimos dois anos pelo acordo. Abrir mão disso seria descumprir contratos. 

A Conmebol TV fará a transmissão de Independiente Del Valle e São Paulo, com sinal aberto na Claro, Net e na Sky –que juntas atendem a 72% dos clientes com TV paga. O esquema de transmissão para a partida já está definido pela Band para o dia 1º de outubro. 

Conmebol TV fechou esquema para final

A narração da final será de Ivan Bruno. Rafael Oliveira e Bernardo Ramos vão comentar a partida dos estúdios da programadora Newco, que cuidam dos canais pagos da Band. O único que estará no local da partida, o estádio Mario Kempes, em Córdoba, na Argentina, será Rai Monteiro. local da partida, o estádio Mario Kempes, em Córdoba, na Argentina, será Rai Monteiro. 

Além do jogo, a Conmebol TV fará um grande pré-jogo para mostrar a expectativa da torcida do São Paulo para um possível bicampeonato. Os apresentadores Thomaz Rafael e Maurício Barros comandarão os trabalhos a partir das 14h30. 

Para 2023, os direitos de TV por assinatura da Libertadores e da Sul-Americana ficaram com Disney e Paramount. A primeira terá a prioridade das escolhas dos jogos. Já a segunda ficará com aquilo que a concorrente não mostrar.

Com a decisão, a Conmebol TV será descontinuada após dois anos e meio de operação no Brasil. Já na TV aberta, o SBT levou a melhor contra a Globo e fará a competição. A Globo, porém, terá a Libertadores até 2026, em seu retorno após três anos.

https://noticiasdatv.uol.com.br/noticia/televisao/claro-barra-final-da-copa-sul-americana-fora-da-conmebol-tv-e-frustra-sbt-e-espn-89559