Neste domingo, São Paulo e Corinthians ficaram no empate de 1 a 1, no Morumbi, em clássico válido pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. Yuri Alberto colocou os visitantes na frente e Éder deixou tudo igual.

Com o resultado, o Timão caiu para o quinto lugar, com 44 pontos e viu o Palmeiras abrir 10 pontos na liderança da competição, O Tricolor, por sua vez, aparece em 13º, com 31, cinco a mais que o Cuiabá, que abre a zona de rebaixamento.

As equipes voltam suas atenções agora para a Copa do Brasil. Na próxima quarta-feira, às 21h30 (de Brasília), o São Paulo visita o Flamengo, pelo jogo de volta da semifinal do torneio. Na ida, os cariocas venceram por 3 a 1 no Morumbi. O Corinthians encara o Fluminense na quinta-feira, às 20 horas, na Neo Química Arena. No primeiro jogo houve um empate de 2 a 2 no Maracanã.

Já o próximo desafio do Tricolor Paulista pelo Brasileirão é no próximo domingo, às 16 horas, contra o Ceará, fora de casa, pela 27ª rodada. No mesmo dia, mas às 18 horas, o Timão encara o América-MG, em Belo Horizonte.

O jogo – A etapa inicial começou bem estudada no Morumbi. A primeira boa trama ofensiva foi dos anfitriões, aos três minutos. Após boa jogada coletiva, Rafinha foi acionado na direita e cruzou fechado. Atento, Cássio se antecipou ao atacante e ficou com a bola.

Os visitantes responderam logo na sequência. Yuri Alberto foi lançado em velocidade e encontrou Róger Guedes na ponta esquerda. O camisa 10 cortou para o meio e bateu com muito perigo pelo lado da meta.

Já aos 14, a rede balançou. Após boa troca de passes com Giuliano e Róger Guedes, Yuri Alberto recebeu com muita liberdade na intermediária e soltou uma bomba no ângulo de Felipe Alves, que não pôde fazer nada para evitar o golaço.

Em desvantagem, o Tricolor partiu para cima em busca do empate. Com 15 minutos, Talles Costa foi acionado por Colorado na ponta direita, invadiu a área e soltou o pé para a difícil defesa de Cássio. No lance seguinte, o goleiro foi obrigado a trabalhar mais uma vez, agora em arremate de Galoppo. No rebote, Igor Gomes mandou para fora,

Aos 30, Éder foi lançado em profundidade e foi derrubado por Gil na área. O árbitro, então, marcou pênalti. Na cobrança, o próprio camisa 23 foi para a bola e converteu, deixando tudo igual.

A partir de então, o jogo caiu de intensidade. Ambas as equipes tentaram se lançar um pouco mais para o ataque, mas ninguém conseguiu criar chances reais.

2º Tempo

Na volta do intervalo, o Corinthians passou a controlar mais as ações do clássico. Com três minutos, Colorado errou na saída de jogo e entregou nos pés de Giuliano, que deu bom passe para Róger Guedes. Livre, o atacante tentou bater no cantinho, mas mandou para fora. A bola ainda desviou de leve em Felipe Alves.

Aos 12, Róger Guedes puxou contra-ataque pelo meio e tocou para Gustavo Mosquito na direita. O ponta driblou a marcação e devolveu para o camisa 10, que bateu para a defesa do goleiro. No lance seguinte, Yuri Alberto foi acionado dentro da área, girou em cima da marcação e bateu. No meio do caminho a bola desviou em Colorado e saiu.

Do outro lado, o São Paulo chegou aos 18 minutos. Após cruzamento rasteiro da direita, Éder dominou a bola e emendou um forte chute no travessão de Cássio.

O Timão, por sua vez, voltou a assustar aos 30. Depois de cruzamento, Balbuena desviou de cabeça e deixou na medida para Bruno Méndez, que não conseguiu finalizar. Atento, Yuri Alberto pegou a sobra e finalizou para difícil defesa de Felipe Alves. Na sequência, Fausto Vera arriscou de longe e carimbou o travessão.

A resposta tricolor saiu aos 36 minutos. Calleri recebeu cruzamento no meio da área e tentou de peixinho, mas parou em Cássio.

Nos minutos finais, o clássico ficou bem aberto. Aos 42, Pitou mandou belo lançamento para Adson, que tentou de primeira, porém pegou mal na bola e mandou pela linha de fundo, desperdiçando um grande oportunidade. Assim, o jogo terminou empatado no Morumbi.

FICHA TÉCNICA SÃO PAULO 1 X 1 CORINTHIANS

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP) Data: 11 de setembro de 2022, domingo Horário: às 16h (de Brasília) Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (CE) Auxiliares: Rodrigo Figueiredo Correa (Fifa-RJ) e Nailton de Sousa Oliveira (CE) VAR: Rodrigo Carvalhaes de Miranda (RJ) Cartões amarelos: Éder, Miranda, Luciano (São Paulo); Gil e Vítor Pereira (Corinthians) Público: 46.444 Renda: R$ 2.291.454,00

GOLS: Eder, 30′ 1ºT (São Paulo); Yuri Alberto, 14′ 1ºT (Corinthians)

SÃO PAULO: Felipe Alves; Ferraresi, Miranda (Reinaldo) e Luizão; Rafinha, Andres Colorado (Pablo Maia), Talles Costa, Giuliano Galoppo e Igor Gomes (Patrick); Bustos (Luciano) e Éder (Calleri). Técnico: Rogério Ceni.

CORINTHIANS: Cássio; Bruno Méndez, Balbuena, Gil (Fagner) e Lucas Piton; Fausto, Du Queiroz e Giuliano (Renato Augusto); Róger Guedes (Mateus Vital), Gustavo Mosquito (Adson) e Yuri Alberto. Técnico: Vitor Pereira.

Gazeta Esportiva