Rafinha lamentou a derrota do São Paulo no clássico contra o Santos, por 1 a 0, neste domingo, na Vila Belmiro, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. Após sair em desvantagem no primeiro tempo, o Tricolor mandou no jogo na etapa complementar, mas não conseguiu reverter a superioridade em gols graças à atuação heroica de João Paulo, que fez grandes defesas para manter sua meta intacta.

“Fizemos um grande jogo. Uma pena. Eles chegaram uma vez no gol, falha nossa. Conseguiram fazer o gol. É triste, porque martelamos o jogo todo e não conseguimos botar a bola para dentro”, disse Rafinha ao Premiere.

Neste domingo o São Paulo entrou em campo com uma formação alternativa. Rogério Ceni preferiu poupar seus principais jogadores para o jogo de ida da semifinal da Copa do Brasil, contra o Flamengo, acionando alguns deles apenas no segundo tempo do clássico.

Passado o revés no clássico, o São Paulo volta o foco para a decisão da próxima quarta-feira. O time comandado por Rogério Ceni recebe o Flamengo, no Morumbi, e precisará sair em vantagem para manter vivo o sonho de disputar a decisão do torneio que o clube jamais conquistou em sua história.

“Temos uma decisão na quarta-feira, temos que ir com tudo. A gente sabe que é difícil manter o nível em três competições, mas todos estão de parabéns. Dominamos o jogo todo, tivemos várias chances para fazer o gol, mas é isso aí. Eles foram mais felizes, conseguiram fazer o gol e depois defenderam bem”, concluiu Rafinha.

Para o confronto com o Flamengo, o único desfalque certo é Miranda, expulso na última quinta-feira, contra o América-MG, pelas quartas de final da Copa do Brasil. O zagueiro terá de cumprir suspensão automática no jogo de ida e deve ser substituído pelo jovem Luizão, uma vez que Nahuel Ferraresi não pode disputar a Copa do Brasil.

Gazeta Esportiva