Joia da base do São Paulo, Marquinhos foi vendido ao Arsenal em maio deste ano. Em entrevista exclusiva à Gazeta Esportiva, o atacante revelou conversas com Miranda e outros nomes experientes do elenco tricolor antes de ir para a Inglaterra. O jovem também exaltou o clube do Morumbi, citando um eventual retorno após atuar na Europa.

“Quando estava tudo se acertando, eu conversei bastante com Miranda, Rafinha e Eder. São jogadores que estiveram por bastante tempo na Europa. Eles me passaram muitas dicas, tiveram suas carreiras bem-sucedidas aqui. Sou grato pelos conselhos, pela ajuda. Também é uma honra ter jogado com caras como eles. Era um grupo muito bom de se trabalhar, eu era muito feliz lá”, explicou o jovem de 19 anos.

Miranda foi protagonista na zaga do Atlético de Madrid entre 2011 e 2015, quando acertou com a Internazionale, onde permaneceu por outras quatro temporadas. Já o lateral direito Rafinha teve sucesso no futebol alemão: defendeu o Schalke 04 (2005-2010) e foi multicampeão pelo Bayern de Munique (2011-2019). O atacante Eder, por sua vez, se naturalizou italiano, jogou pela equipe nacional e fez basicamente toda a sua carreira no país, com destaque para passagem pela Inter de Milão (2016-2018).

A transferência de Marquinhos desagradou parte da torcida devido aos valores envolvidos na negociação – três milhões de euros (R$ 16 milhões). O atleta, que explicou a mudança de ares, também exaltou o Tricolor Paulista.

“Tenho um carinho enorme pelo São Paulo, porque cheguei ao clube aos oito anos de idade. Fiz toda a minha base em Cotia, um outro lugar maravilhoso pelo qual sou muito grato por todos que me ajudaram. Um dia, quando voltar para o futebol brasileiro, com certeza o São Paulo será a minha preferência”, concluiu.

Marquinhos disputou 24 jogos pelo São Paulo em 2021, anotando um gol e duas assistências. Já neste ano, antes de se transferir, jogou 18 partidas (cinco como titular), balançou as redes três vezes e deu um passe decisivo.

Gazeta Esportiva