O S√£o Paulo diagnosticou o que √© necess√°rio para se manter em p√©: energia. O Tricolor passa por um dos momentos mais pesados da temporada, com uma sequ√™ncia de decis√Ķes nas quartas de final das copas¬†do Brasil¬†e¬†Sul-Americana.¬†Al√©m disso, a equipeluta para se manter na parte de cima da tabela do¬†Campeonato Brasileiro.¬†

Pelo menos foi esse o termo usado pelo técnico Rogério Ceni após a vitória por 1 a 0 sobre o Ceará, na quarta-feira (3), no Morumbi.

E para ter essa energia necess√°ria, Ceni antecipou que pretende repetir para o duelo deste s√°bado (6), contra o Flamengo, o que fez no √ļltimo jogo do Tricolor pelo Campeonato Brasileiro: rodar o elenco.

– Acho que estamos tentando ganhar o pr√≥ximo jogo. As copas foram consequ√™ncia. Eu sempre falei que a minha prioridade era o Campeonato Brasileiro, e eu n√£o consegui dar essa prioridade. N√£o consegui administrar isso, pelo n√ļmero de les√Ķes. Chegou um
momento em que n√≥s t√≠nhamos que repetir muitos jogadores, e as les√Ķes ‚ÄĒ que eram s√≥ de tornozelo, de joelho, por trauma ‚ÄĒ se tornaram les√Ķes musculares, pela repeti√ß√£o de muitos jogadores – disse Ceni antes de seguir.

РEu não posso botar todos. Se eu botar daqui a sessenta horas os mesmos jogadores para jogar contra o Flamengo… o Atlético-GO fez isso, não fez? Ganhou do Corinthians, botou os mesmos onze e foi lá no Maracanã. Então, eu tenho que ter energia, porque, para jogar contra o Flamengo, se você não tiver minimamente energia, você é engolido Рcomentou o treinador.

Na derrota por 1 a 0 sobre o Athletico, em Curitiba (PR), Ceni mostrou a prioridade total para o duelo ante o Ceará. Escalou jovens recém-promovidos da base, como Moreira e Rodriguinho, promoveu Galoppo como titular e inovou em um esquema sem centroavantes. Tudo por conta da sua precaução pelo rival nordestino, muito elogiado pelo comandante tricolor por conta do vigor físico.

– √Č algo que n√≥s vamos tentar fazer para o pr√≥ximo jogo. Um ou outro atleta que come√ßou o jogo de hoje pode come√ßar. E tem muita gente boa do lado de fora querendo sua oportunidade. Cada um vai provar, porque, depois, n√≥s temos quatro dias at√© o jogo de volta contra o Cear√°. √Č esse dia a mais que eu tanto pe√ßo, de recupera√ß√£o, para n√≥s 2022 tentarmos fazer um time mais inteiro para os jogos das copas – analisou o treinador.

– As copas foram encaixando de maneira melhor, mas n√£o podemos abrir m√£o do Brasileiro. Ningu√©m quer brigar por rebaixamento, e n√≥s temos uma sequ√™ncia muito dif√≠cil. Foi dif√≠cil no primeiro turno e, mesmo em casa, agora com dois jogos, s√£o dois jogos contra uma equipe que s√≥ joga uma competi√ß√£o, que √© o Bragantino, e outra que tem tr√™s times para jogar tr√™s competi√ß√Ķes – completou.

Pelo menos duas mudanças no time que enfrenta os cariocas serão obrigatórias para Ceni. O zagueiro Luizão e o atacante Luciano estão suspensos pelo terceiro cartão amarelo e cumprem suspensão automática.

O Tricolor não vence pelo Brasileirão há cinco rodadas e está estacionado na décima colocação, com 26 pontos.

Lance!