O zagueiro Miranda saiu satisfeito com a postura do São Paulo nesta quinta-feira, contra a Universidad Católica, no Chile, apesar das três expulsões que o time sofreu no segundo tempo. Igor Vinícius, Rodrigo Nestor e Calleri receberam cartão vermelho na etapa complementar, complicando a vida do Tricolor, que teve de se desdobrar para, mesmo com oito atletas em campo, garantir a vitória por 4 a 2.

“Partida difícil, que se complicou pelos cartões. Mas, nossa equipe se manteve sólida e levamos essa vitória, uma boa vitória”, disse Miranda à Conmebol TV.

Por causa das expulsões no segundo tempo, o São Paulo terminou o jogo com quatro zagueiros: Diego Costa, Miranda, Léo e Luizão, que entrou na vaga do lateral-esquerdo Reinaldo.

Miranda foi um dos destaques do Tricolor, sobretudo no primeiro tempo, quando fez uma série de antecipações para recuperar a posse de bola para a equipe do São Paulo. Na etapa complementar, entretanto, o experiente defensor teve mais trabalho, mas deu conta.

O São Paulo volta a enfrentar a Universidad Católica na próxima quinta-feira, às 21h30 (de Brasília), no Morumbi. O Tricolor poderá perder por até 1 a 0 que ainda assim avançará às quartas de final da Sul-Americana. Para se classificarem no tempo regulamentar, os chilenos precisarão vencer por 3 a 0.

Gazeta Esportiva