De olho no compromisso que terá no meio de semana, Ceni rodou o elenco diante do Juventude. Em coletiva, ele explicou as suas escolhas e ainda aproveitou para justificar as mudanças que realizou ao longo do embate. Após começar com quatro defensores, ele mudou para uma linha de três na tentativa de pressionar ainda mais os rivais.

“Fomos com o Léo e seguramos o Diego pois os dois estão com cartão. O jogo se apresentou de tal maneira que tivemos que sufocar o adversário. Tivemos que colocar o Diego pois nas bolas quebradas o Rafinha não consegue ganhar de cabeça. Tivemos que arriscar. No meio, eu deixei o Igor para economizar o Nestor. Na frente segurei o Calleri pois ele vem de vários jogos. Mudei as laterais para dar um descanso. Essa administração de tempo que tento fazer para não ter alguma lesão séria. Alguns vão ser colocados no limite”, analisou.

Gazeta Esportiva