O treinador Rogério Ceni lamentou e muito a derrota do São Paulo para o Flamengo por 3 a 1, no último domingo (17), no Maracanã, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. Mas o treinador defendeu a estratégia utilizada. O Tricolor teve atuação abaixo da média e cedeu muitos espaços ao rival, principalmente no segundo tempo.

“Se você vier aqui para se defender, fatalmente você vai perder o jogo. Não fizemos um grande primeiro tempo. Conseguimos o gol, mas jogamos muito pouco. No segundo tempo, quando a gente estava no nosso melhor momento do jogo, na minha opinião. Quando começamos a ter posse de bola a gente toma um gol no contra-ataque. Nós ganhamos jogos no Paulistão fora de casa também, conseguimos as vitórias, mas quando pega equipes talentosas, com jogadores que fazem a diferença, por mais que você lute nem sempre consegue um resultado positivo”, disse Ceni em coletiva após o jogo.

O comandante são-paulino também lamentou o calendário “duro”  que o Tricolor Paulista está enfrentando neste início de Campeonato Brasileiro e chamou a sequência de ingrata. O próximo jogo pelo campeonato também será fora de casa, contra o Bragantino, no próximo sábado (23). Tudo isso intercalado com jogos de Sul-Americana e Copa do Brasil.

“Eu acho que nós já estávamos preparados, o rodízio foi muito em função de que de três em três dias ia ter jogo. O que foi ingrato foram os adversários que pegamos nas primeiras rodadas (do Brasileiro). Dos cinco primeiros jogos, três fora de casa contra Flamengo, Bragantino e Fortaleza. Jogos difíceis, viagens longas na Sul-Americana e por isso não vamos mudar o pensamento”, disse o treinador.

Ceni não falou se vai entrar com o time titular ou misto contra o Juventude, na próxima quarta-feira (20), pelo jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil. Segundo o treinador, quem estiver melhor fisicamente, vai para o jogo.”

“O que temos planejado vamos executar. Vamos colocar o melhor time para enfrentar o Juventude. Competição importante financeiramente, para o clube, não vamos entrar contra o Juventude com outro pensamento que não seja a vitória. As mudanças que tivermos que fazer vamos fazer, porque temos outro jogo complicado contra o Bragantino no sábado. Tudo muito rápido”, concluiu o técnico.

Jogada10