Nesta quinta-feira (14) o São Paulo fez a sua estreia no Morumbi pela atual edição da Copa Sul-Americana e venceu o Everton, do Chile, por 2 a 0. Autor do primeiro gol, o zagueiro Robert Arboleda falou sobre a segunda vitória conquistada pelo Tricolor na competição continental e também deu méritos ao técnico Rogério Ceni.

De acordo com o equatoriano, que marcou o seu segundo gol nesta Sul-Americana e é o artilheiro da equipe, o ex-goleiro tem papel fundamental para o bom momento vivido pela equipe. E tudo isso por conta de uma mudança significativa que implementou no seu retorno ao Morumbi, e que tem relação com as frequentes lesões de jogadores no clube.

Primeiro tem que valorizar muito o trabalho do Rogério. Desde que ele chegou, a gente botou na cabeça que tem que ser mais profissional nesse sentido. Às vezes chegava no treino cansado, não falava nada e o jogador terminava machucando. Ele deu uma confiança para o jogador poder falar para ele quando estivesse cansado e não passar por esse tipo de problema. Então a cabeça do jogador muda muito, a gente agradece ele e o departamento médico, que estão em cima da gente todo o dia, cuidando da gente. Um ajuda o outro e foi assim que saímos daquele problema que estava tendo há um tempo atrás”,

Com a vitória, o São Paulo lidera de forma isolada o grupo D da Sul-Americana com 6 pontos somados, três à frente do Ayacucho-PER, que é o vice-líder. Agora, o Tricolor só volta a campo pela competição continental no próximo dia 28 de abril, quando encara o Jorge Wilstermann, na Bolívia, pela terceira rodada da fase de grupos.

ESPN

Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press