A América é tricolor. O São Paulo venceu neste sábado, 9 de abril, o Biguá, do Uruguai, por 9829 a 84, e conquistou de forma invicta a Champions League Américas, a maior liga de clubes do continente. A decisão foi disputada na Arena Carioca 1, no Rio de Janeiro, e coroa uma campanha perfeita do tricolor paulista, que venceu o Real Estelí e o 123 Minas no Final 8 do torneio. Bruno Caboclo, com 29 pontos, sete rebotes e 31 de eficiência, foi o grande nome da final e também foi eleito o MVP da competição. A terceira colocação da BCLA Américas ficou com o 123 Minas, que venceu o Quimsa, da Argentina, por 91 a 81.

O São Paulo abriu 30 a 26 no primeiro quarto depois de estar oito pontos atrás no começo da partida. Já no segundo período, o tricolor começou a pavimentar a vitória ao colocar 13 pontos de frente e fechar o intervalo com boa vantagem de 57 a 47. O terceiro quarto praticamente definiu o jogo, com uma parcial de 27 a 13 para o São Paulo e grande aproveitamento nas bolas de três pontos. O Biguá ainda venceu a última parcial, mas foi insuficiente para tirar a diferença dos brasileiros.

As equipes

São Paulo: Marquinhos, Bruno Caboclo, Tyrone, Elinho e Bennett. Entraram: Lucas Bebê, Shamell, Isaac Rafael e Henrique Coelho. Técnico: Bruno Mortari.

Biguá: Donald Sims, Santiago Vidal, Luis Santos, Victor Rudd e Iván Pérez. Entraram: Alex Suberbie, Hernan Plaz, Nicolas Andreoli, Manuel Xifre, Diego Garcia e Martin Rojas. Técnico: Diego Gutierrez.