O equatoriano Robert Arboleda está de volta ao São Paulo. Depois de defender a seleção de seu pais nas rodadas finais das Eliminatórias da Copa do Mundo e faltar ao treinamento de quinta-feira, como foi estipulado pela direção e comissão técnica tricolor – recebeu uma multa por esse ato de indisciplina -, o zagueiro se reapresentou nesta sexta e treinou junto com o elenco no CT da Barra Funda, que se prepara para a segunda partida da final do Campeonato Paulista contra o Palmeiras, neste domingo, no estádio Allianz Parque.

Pelo Campeonato Paulista, Arboleda foi desfalque do São Paulo nas quartas de final, contra o São Bernardo, na semifinal, contra o Corinthians, e na primeira partida da final, contra o Palmeiras. Ele foi titular no empate por 1 a 1 com a Argentina, na última terça-feira, em Guayaquil, e deveria se reapresentar ao time tricolor dois dias depois.

A direção do São Paulo negou que Arboleda estivesse liberado do treinamento de quinta-feira e o staff do zagueiro revelou que não entende a punição. A tendência agora é que ele seja reserva no final de semana, já que Diego Costa e Léo se deram muito bem juntos nos últimos três jogos do time.

Arboleda possui um histórico recente de problemas disciplinares no São Paulo. O episódio mais conhecido foi o que o equatoriano apareceu em uma foto vestindo a camisa do Palmeiras, em 2019. O caso foi superado por parte da torcida, que voltou a apoiar o jogador após boas atuações no ano passado.

Outra situação que gerou mal-estar aconteceu no ano sequinte. Mesmo em meio à pandemia da covid-19, com várias restrições sanitárias, Arboleda foi flagrado em um baile funk em São Paulo e mais críticas recaíram sobre o jogador de 29 anos.

O elenco do São Paulo fecha a preparação para enfrentar o Palmeiras com um treinamento aberto ao público neste sábado, no estádio do Morumbi. Os torcedores poderão acompanhar a atividade comprando ingressos por R$ 2 na internet. A atividade começará às 10 horas (de Brasília).

Gazeta Esportiva