Com um certo drama especialmente no segundo tempo, apesar do placar final ter sido uma goleada por 4 a 1, o São Paulo avançou à semifinal do Campeonato Paulista ao superar o São Bernardo, na noite de terça-feira, no estádio do Morumbi. Na luta para repetir o título conquistado no ano passado, o Tricolor poderá ter pela frente os seus rivais Palmeiras e Corinthians, que segundo o técnico Rogério Ceni estão com bons times e em melhor fase.

“Vejo o Palmeiras como um baita time, um estilo de jogo que o treinador vai aprimorando a cada jogo. Ninguém é campeão da Libertadores duas vezes seguidas por acaso. O Palmeiras tem mérito pela situação financeira equilibrada que vive, pelo investimento em categorias de base. Vejo o Corinthians como uma equipe talentosa, talvez a mais talentosa. O Willian é diferente do que temos no Brasil. Tem (Roger) Guedes, (Gustavo) Mosquito, Giuliano… Renato Augusto, que é diferente, Paulinho”, apontou o treinador são-paulino, que destacou que o seu time vai lutar com tudo o que tem.

“Nós vamos competir, não vamos deixar de competir. Temos bons jogadores, temos que valorizar, e vamos lutar com quem tiver na nossa frente. Favorito não entra em campo, mas tenho que reconhecer que o Palmeiras tem um time formado há muito tempo, tem um estilo de jogo, sofre poucos gols. O Corinthians cria muito, tem sempre posse. Cada um em sua característica. Nós, no coletivo, vamos tentar fazer bons jogos”, prosseguiu.

Uma das peças desse time de Ceni é um garoto das categorias de base que vem se destacando nos últimos jogos. “Pablo Maia é um garoto com a idade que ele tem, não é fácil jogar oito ou nove partidas quase consecutivas, mantendo bom padrão de jogo. Fico feliz pelo gol que ele fez hoje (terça-feira), treinamos bastante esse chute de meia distância, ele tem como característica”, afirmou.

O treinador gostou da atuação do setor ofensivo e fez algumas críticas à defesa. “Talvez a melhor atuação ofensiva da equipe, criou muitas chances de gol, e alguns erros defensivos que a gente não estava acostumado a cometer. Apesar de ser um bom time o São Bernardo, ofensivamente o jogo que melhores oportunidades criamos. Os erros (na defesa) que nós cometemos foram bobos, de capricho. Era fazer o mais simples. A chance de sucesso é maior. Hoje talvez não tenha sido nosso melhor jogo defensivo”, completou.

O elenco do São Paulo folga nesta quarta-feira e só retorna na quinta, a partir das 10 horas, no CT da Barra Funda, quando Rogério Ceni e comissão técnica iniciarão a preparação para a semifinal do Paulistão.

Gazeta Esportiva