O resultado desta quinta-feira não foi o desejado pelo São Paulo e os mais de 46 mil torcedores que compareceram ao Morumbi para o Choque-Rei, porém, o time comandado por Rogério Ceni sai com saldo bastante positivo passados os clássicos contra Corinthians e Palmeiras.

Nos dois testes contra as equipes mais estreladas do Campeonato Paulista, o São Paulo impôs dificuldades aos rivais, vencendo um deles. Contra o Palmeiras, jogo em que acabou sendo derrotado, fez o goleiro Weverton ser eleito o melhor em campo justamente pelas defesas importantes protagonizadas ao longo dos 90 minutos.

É verdade que as expectativas do São Paulo para 2022 não eram grandes após o time se livrar do rebaixamento no Brasileirão do ano passado nas últimas rodadas, mas, com o tempo, Rogério Ceni e sua equipe, que também chegaram a figurar na zona da degola do Paulistão, mostram que vêm trilhando um caminho promissor, podendo, quem sabe, disputar títulos, caso mantenham o desempenho dos clássicos.

Com seis reforços contratados para a atual temporada (Rafinha, Alisson, Jandrei, Patrick, Nikão e Andrés Colorado), Ceni tem mais opções para armar sua equipe e promover mudanças no decorrer das partidas. Nesta quinta-feira, contra o Palmeiras, por exemplo, o Tricolor apresentou notável melhora no segundo tempo, após as entradas de Luciano, Marquinhos e Patrick.

É verdade que atualmente a comissão técnica vem sofrendo com alguns desfalques, mas, ainda assim, vem conseguindo administrar bem o elenco, muito pela quantidade de opções disponíveis. Alisson e Nikão aprimoram a forma física após se recuperarem de um estiramento na coxa direita e da covid-19, respectivamente. Igor Vinícius segue em tratamento também por causa de um estiramento na coxa direita, enquanto Jandrei cumpre os últimos dias do protocolo sanitário da FPF, embora seja outro jogador que já está livre da covid-19.

“De maneira geral, melhoramos bastante a parte de competitividade, o time hoje tem mais alma, mais brio. Você vê jogando contra times bons, como Palmeiras e Corinthians, de igual pra igual. Defensivamente a gente vem sofrendo poucos gols, com exceção do jogo contra o Bragantino, em que nos perdemos no jogo. O que falta ainda pra gente é fazer gols, pelo número de oportunidades que o time cria, poderia ter marcado mais gols”, comentou Rogério Ceni.

O São Paulo ainda não está classificado para as quartas de final do Paulistão. A vaga no mata-mata pode ser confirmada em caso de vitória sobre o Mirassol, domingo, fora de casa. Desta vez, o time titular do Tricolor deverá sofrer algumas mudanças em relação à equipe que enfrentou o Palmeiras, mas Rogério Ceni está convicto que, com o elenco que tem em mãos e o trabalho conduzido no CT da Barra Funda, avançar à próxima fase do Estadual deve ser apenas questão de tempo.

Por: Marcelo Baseggio