Mesmo após fechar muitas contratações no início do ano, o São Paulo segue atento no mercado em busca de novos reforços, porém o técnico de Rogério Ceni quer um processo bastante rigoroso para incorporar atletas em seu elenco. Após a vitória no clássico contra o Corinthians, Ceni disse que a busca por reforços não é o mais importante no momento e que prefere aguardar por reforços de alto nível.

“Vou ser bem sinceiro. Uma carência ou outra que nós temos. O principal não é isso no momento. O principal é ajeitar as coisas dentro do clube. As necessidades a longo prazo todos sabem, conversamos com a direção. Quando tiver oportunidade, como foi agora com o (Andrés) Colorado, empréstimo e custo baixo, vamos estar sempre atentos porque aumenta a concorrência.”

“O São Paulo hoje não tem condição de fazer um investimento alto. Eu não vou pegar qualquer jogador pra entrar no São Paulo. Se for trazer, vai ser um jogador diferente a hora que o clube tiver condições de dar os reforços” afirmou.

A declaração de Ceni esfria a possibilidade de reforços para a segunda fase do Campeonato Paulista. O regulamento da competição aceita até quatro trocas na lista de inscritos para o início do mata-mata.

Ademais, Ceni nunca escondeu a necessidade de contratar um zagueiro e um atacante rápido para jogar na ponta.

Até o momento, o clube contratou para 2022 o goleiro Jandrei, o lateral-direito Rafinha, os meias Patrick e Nikão, além do atacante Alisson.

Mercado do Futebol