Vítor Pereira, oficialmente apresentado como novo técnico do Corinthians nesta sexta-feira, revelou-se um grande admirador do futebol brasileiro. Em sua coletiva, falou sobre os jogos da amarelinha, além de ter elogiado o São Paulo comandado por Telê Santana. Curiosamente, a estreia do treinador português será neste sábado contra o Tricolor.

“Eu lembro das seleções do Brasil, algumas delas brilhantes, que me fizeram chorar. Em Portugal, nossa segunda seleção é a brasileira. Temos uma seleção que compete em alto nível, mas na minha juventude era o Brasil. Se quiséssemos ir até o fim no Mundial, era com o Brasil, o Brasil que chegava até o final. Me acostumei a ver grandes jogadores brasileiros”, iniciou em coletiva de imprensa nesta tarde, no CT Dr. Joaquim Grava.

“Em clubes, Telê Santana, as equipes dele… Telê, Cruyff, Arrigo Sacchi, Guardiola. Conseguiram projetar um futebol, em sua época, de uma qualidade de 20 anos a frente. E o Telê Santana foi um deles. Aquela equipe do São Paulo do Telê tinha muita qualidade”, complementou.

Grande ídolo da história do Tricolor, Telê colecionou taças como treinador do time no início da década de 90: duas Copas Libertadores, em 1992 e 1993, dois Mundiais de Clube, em 1992 e 1993, um Campeonato Brasileiro, em 1991, duas Recopas Sul-Americanas, em 1993 e 1994, uma Supercopa da Libertadores, em 1993, e venceu dois Campeonatos Paulistas, em 1991 e 1992.

Em sua fala, Vítor Pereira também comentou sobre a grande quantidade de técnicos estrangeiros no Brasil. Segundo ele, os profissionais do país deveriam encarar isso como uma oportunidade. Ele também falou sobre Jorge Jesus, ex-Flamengo. Os dois já se enfrentaram algumas vezes na carreira.

São Paulo e Corinthians se encontram neste sábado, às 16h (de Brasília), no estádio do Morumbi, pela décima rodada do Campeonato Paulista.

Gazeta Esportiva