O meia Patrick não teve o começo esperado no São Paulo. Contratado para esta temporada, vindo do Internacional, o jogador sofreu uma lesão no músculo posterior da coxa direita no começo de fevereiro.

Com isso, ele só jogou duas partidas com a camisa do Tricolor, na derrota para o Guarani, por 2 a 1, quando deu assistência para o gol de Calleri e no empate sem gols contra o Ituano, sua única partida como titular. Nesse jogo, inclusive, ele foi substituído no segundo tempo.

Somando as duas partidas, Patrick jogou 88 minutos com a camisa do São Paulo, sendo 28 contra o Guarani e 60 contra o Ituano. O jogador está em fase final de recuperação e tem chances de voltar conta o Água Santa, na próxima segunda-feira (28), às 15h, em Diadema, pelo Paulistão.

O técnico Rogério Ceni tem escalado na ponta esquerda, posição em que Patrick gosta de atuar, o também reforço Alisson, que inclusive é o que mais jogou dos reforços, com 587 minutos. Logo atrás, vem Nikão (401), Jandrei (540) e Rafinha (483),

Estadão