empate sem gols com o Campinense nesta quinta-feira pode ter desanimado parte da torcida do São Paulo, mas, pelo menos para Rafinha, não há do que se queixar. Embora o Tricolor não tenha balançado as redes, o lateral-direito preferiu comemorar a classificação da equipe para a próxima fase da Copa do Brasil.

“A gente dominou o jogo, tivemos várias chances, no segundo tempo eles arriscaram um pouco mais, é normal. A equipe está de parabéns, buscamos o gol, infelizmente a bola não entrou. Não tem que lamentar nada, bora pra próxima fase agora”, disse Rafinha, capitão do time nesta quinta-feira, ao SporTV.

Mais uma vez o São Paulo teve dificuldade de furar a retranca adversária, mas, ainda assim, conseguiu criar boas oportunidades de gol, parando no goleiro Mauro Iguatu, que protagonizou diversas defesas difíceis para manter o placar inalterado.

“Era normal, eles baixaram as linhas, é difícil entrar assim. A equipe deles não tem ninguém bobo, circulamos a bola com velocidade, tivemos grandes chances, mas é difícil furar. Agora é virar a chave”, prosseguiu o lateral-direito do São Paulo.

Rafinha também comentou sobre o apoio massivo da torcida são-paulina na Paraíba, que desde a chegada da delegação, na última quarta-feira, fez uma grande festa em Campina Grande. Nesta quinta-feira, inclusive, o setor destinado aos tricolores no estádio Amigão estava completamente lotado.

“A gente fica feliz, o São Paulo é um time grandíssimo e onde vai tem torcida. A gente fica feliz de ver o apoio do torcedor fora de casa. É isso aí. Estamos muito felizes. Agora vamos para a próxima fase”, concluiu.

Gazeta Esportiva