O São Paulo faturou uma verdadeira bolada após a classificação para a segunda fase da Copa do Brasil ao empatar com o Campinense sem gols nesta quinta-feira, em Campina Grande, na Paraíba.

Com o avanço à próxima fase, o Tricolor receberá R$ 1,5 milhão em premiação da CBF, que organiza o torneio. Na primeira fase, o São Paulo já havia faturado R$ 1,27 milhão.

Caso avance até a grande final da Copa do Brasil e acabe se sagrando campeão inédito do torneio, o São Paulo receberá ao todo R$ 79,5 milhões da CBF. No ano passado, a premiação total era de R$ 73,6 milhões.

Atravessando grave crise financeira, o São Paulo tem como uma de suas prioridades a disputa da Copa do Brasil não só pelo fato de jamais ter vencido o torneio, mas por entender que essa quantia de premiação aliviaria e muito as contas do clube.

Na segunda fase, o São Paulo terá pela frente o Manaus, que venceu o São Raimundo por 1 a 0 também nesta quinta-feira. Caso supere o time amazonense, o Tricolor receberá mais R$ 1,9 milhão, totalizando R$ 4,67 milhões em premiação.

Confira abaixo a premiação referente à cada fase da Copa do Brasil 2022:

Grupo I (15 primeiros clubes do ranking da CBF): América (MG), Athletico (PR), Atlético (MG), Bahia (BA), Ceará (CE), Corinthians (MG), Cruzeiro (MG), Flamengo (RJ), Fluminense (RJ), Fortaleza (CE), Grêmio (RS), Internacional (RS), Palmeiras (SP), Santos (SP) e São Paulo (SP).

Grupo II: clubes participantes da Série A do Campeonato Brasileiro em 2022, com exceção dos que já pertencem ao grupo I.

Grupo III: demais participantes da Copa do Brasil que não estão nos Grupos I ou II.

1ª fase Grupo I: R$ 1.270.000,00 Grupo II: R$ 1.090.000,00 Grupo III: R$ 620.000,00

2ª fase Grupo I: R$ 1.500.000,00 Grupo II: R$ 1.190.000,00 Grupo III: R$ 750.000,00

3ª fase: R$ 1.900.000,00

Oitavas de final: R$ 3.000.000,00

Quartas de final: R$ 3.900.000,00

Semifinal: R$ 8.000.000,00

Final Vice-campeão: R$ 25.000.000,00 Campeão: R$ 60.000.000,00

Gazeta Esportiva