A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) avalia levar para São Paulo a disputa da Supercopa do Brasil, competição que vai colocar frente a frente Atlético e Flamengo no dia 20 de fevereiro. 

Na última quarta-feira (26), a Federação de Futebol do Distrito Federal chegou a confirmar a partida para o estádio Mané Garrincha, em Brasília. No entanto, no dia seguinte, o Governo do Distrito Federal proibiu a presença de público em estádios devido às altas taxas de ocupação hospitalar causadas pela covid-19 nas últimas semanas. 

Com isso, a CBF, que ainda não tinha oficializado a capital federal como sede da disputa, corre contra o tempo para garantir um espaço para o torneio. A Supercopa do Brasil foi criada para colocar, frente a frente, os campeões do Campenato Brasileiro e da Copa do Brasil. Como, em 2021, o vencedor das duas competições foi o mesmo – o Galo -, o vice-campeão brasileiro entra na disputa. 

Caso a decisão seja levada, definitivamente, para São Paulo, dois estádios poderiam ser escolhidos para sediar a partida entre o alvinegro e o rubro-negro: a NeoQuímica Arena, do Corinthians, e o Morumbi, do São Paulo. 

Isso porque, no dia 20 de fevereiro, o Palmeiras joga, no Allianz Parque, contra o Santo André, pelo Campeonato Paulista.  No mesmo dia, o Corinthians joga, fora de casa, contra o Botafogo (SP). Já o São Paulo pega o Santos na Vila Belmiro. Dessa forma, os dois outros estádios da capital paulista – NeoQuímica Arena e Morumbi – estariam disponíveis. 
 

https://www.itatiaia.com.br/noticia/cbf-estuda-levar-supercopa-do-brasil-para-sao-paulo-saiba-quais-sao-os-possiveis-palcos