Na vit√≥ria por 2 a 0 sobre o Sport, no √ļltimo s√°bado, no Morumbi, pela¬†36¬™ rodada do Campeonato Brasileiro, o S√£o Paulo encerrou o segundo m√™s contando com o apoio dos seus torcedores no est√°dio ap√≥s longo per√≠odo de port√Ķes fechados por causa da pandemia da Covid-19. E o Tricolor n√£o pode reclamar de sua torcida neste per√≠odo, pois fechou o s√©timo duelo com p√ļblico total somado no local de 185.466 pagantes, uma m√©dia de 26.495 por partida.

Esta soma foi garantida com as 35.679 pessoas que pagaram ingressos para entrar no Cícero Pompeu de Toledo há dois dias, quando o clube também teve uma renda total de R$ 904.554,00 e um lucro líquido de R$ 527.528,7 após serem descontadas todas as despesas do duelo, que foram de R$ 377.025,22. Estes valores foram confirmados pela CBF no boletim financeiro da partida de sábado, que foi divulgado pela entidade em seu site oficial nesta segunda-feira.

E a arrecada√ß√£o total contabilizada com bilheteria nos √ļltimos sete confrontos no Morumbi foi de R$ 7.444.260,00. E deste valor sobraram R$ 4.760.126,09 para entrar nos cofres do Tricolor, que ainda far√° a sua partida derradeira em casa nesta reta final do Campeonato Brasileiro na pr√≥xima segunda-feira, quando enfrentar√° o Juventude, √†s 19h, pela pen√ļltima rodada da competi√ß√£o.

Vale destacar que em apenas tr√™s dos sete jogos que disputou com a torcida no est√°dio o S√£o Paulo contou com o Morumbi 100% liberado ao p√ļblico, pois apenas a partir de novembro o Governo do Estado de S√£o Paulo autorizou a realiza√ß√£o de duelos com arenas totalmente dispon√≠veis, ap√≥s estabelecer uma carga limite de 30% na primeira quinzena de outubro e de 50% na segunda.

RECORDE DE P√öBLICO AP√ďS VOLTA DA TORCIDA FOI CONTRA O FLAMENGO

E somente no dia 14 de novembro o Tricolor fez o seu primeiro jogo em casa neste m√™s. Na ocasi√£o, com 47.855 torcedores no est√°dio, recorde de p√ļblico do time desde a volta da torcida ao Morumbi, a equipe decepcionou ao ser goleada por 4 a 0 pelo Flamengo. Como o “consolo” para o p√©ssimo resultado, o clube faturou R$ 2.158.558,52 de uma renda bruta de R$ 2.742.156,00.

Mesmo com a derrota marcante para a equipe carioca, o time comandado por Rog√©rio Ceni voltou a ser apoiado em peso pela sua torcida no duelo seguinte no Morumbi, na √ļltima quarta-feira, quando 43.391 pagantes acompanharam o empate por 0 a 0 com o Athletico-PR pela 34¬™ rodada do Brasileir√£o.

Para o jogo com o Furacão, o clube resolveu diminuir de forma expressiva os preços dos ingressos, ciente do impacto negativo que a goleada para o Fla poderia proporcionar. A estratégia foi bem-sucedida, pois a equipe voltou a atuar com casa cheia, mas o lucro líquido com bilheteria foi de R$ 706.425,22, valor mais de três vezes menor do que o faturado contra o adversário carioca.

M√ČDIA DE 42,3 MIL PAGANTES EM JOGOS COM MORUMBI 100% LIBERADO

Se forem levados em conta apenas os jogos em que o Morumbi contou com 100% de sua capacidade liberada √† torcida, a m√©dia de p√ļblico do S√£o Paulo foi de 42,3 mil pagantes por partida, 15,8 mil a mais do que a m√©dia total de 26,5 mil somada nos sete duelos com torcedores. E, ao total, 126.925 pessoas compraram ingressos apenas para os √ļltimos tr√™s confrontos na casa tricolor.

Ao todo nestes três duelos anteriores no Morumbi, o São Paulo faturou R$ 3.392.512,44 com lucro líquido de bilheteria, que sobraram de uma quantia total arrecadada de R$ 4.745.720,00 em renda bruta nestes compromissos.

MAIS TR√äS JOGOS PELA FRENTE E S√ď UM NO MORUMBI EM RETA FINAL

Com estes n√ļmeros expressivos nas arquibancadas, o Tricolor ocupa hoje a 12¬™ posi√ß√£o do Campeonato Brasileiro, com 45 pontos, e voltar√° a campo nesta quinta-feira, √†s 20h, contra o Gr√™mio, em Porto Alegre, ainda em confronto v√°lido pela 35¬™ rodada, com a meta de livrar de vez o risco de rebaixamento √† S√©rie B. O Juventude, rival do jogo em que o time se despedir√° da torcida no Morumbi, hoje encabe√ßa a zona de descenso, em 17¬ļ lugar, com 40 pontos.

Depois deste embate diante do rival de Caxias do Sul pela pen√ļltima rodada, os comandados de Ceni fechar√£o campanha no torneio contra o Am√©rica-MG, no dia 9 de dezembro, √†s 21h30, no est√°dio Independ√™ncia, em Belo Horizonte.

Confira os p√ļblicos e rendas do S√£o Paulo ap√≥s a volta da torcida ao Morumbi:

7/10/2021 – S√£o Paulo 1 x 1 Santos
P√ļblico:¬†
5.529 pagantes.
Renda bruta: R$ 393.437,00.
Líquido a receber: R$ 58.801,52.

14/10/2021 – S√£o Paulo 1 x 1 Cear√°
P√ļblico:¬†9.271 pagantes.
Renda bruta: R$ 333.135,00.
Líquido a receber: R$ 68.293,6.

18/10/2021 – S√£o Paulo 1 x 0 Corinthians
P√ļblico:¬†23.874 pagantes.
Renda bruta: R$ 1.076.213,00.
Líquido a receber: R$ 689.123,4.

31/10/2021 – S√£o Paulo 1 x 0 Internacional
P√ļblico:¬†19.867 pagantes.
Renda bruta: R$ 895.755,00.
Líquido a receber: R$ 551.395,13.

14/11/2021¬†–¬†S√£o Paulo 0 x 4 Flamengo
P√ļblico:¬†47.855 pagantes.
Renda bruta: R$ 2.742.156,00.
Líquido a receber: R$ 2.158.558,52.

24/11/2021 – S√£o Paulo 0 x 0 Athletico-PR
P√ļblico:¬†
43.391 pagantes.
Renda bruta: R$ 1.099.010,0.
Líquido a receber: R$ 706.425,22.

27/11/2021 – S√£o Paulo 2 x 0 Sport
P√ļblico:¬†35.679 pagantes.
Renda bruta: R$ 904.554,00.
‚ÄčL√≠quido a receber:¬†R$ 527.528,7.

Total somado nos sete jogos com p√ļblico:
P√ļblico:¬†
185.466 pagantes.
Renda bruta: R$ 7.444.260,00.
L√≠quido a receber:‚Ä謆R$ 4.760.126,09.

Lance!