O São Paulo deve realizar mais uma reunião com os representantes de Arboleda nos próximos dias e tentar mais uma vez entrar em um acordo para a renovação de contrato do zagueiro. As duas partes devem se encontrar ainda neste mês para encontrar um denominador comum na parte de valores.

O representante Jose Chamorro programa uma viagem ao Brasil para discutir a renovação pessoalmente. A primeira oferta foi recusada pelo jogador e pelo empresário. Eles entenderam que a situação merecia uma valorização salarial para o atleta. Como o São Paulo não vive o seu melhor momento financeiro, a negociação emperrou nos valores.

Na última quinta-feira (18), outro representante do zagueiro afirmou que a permanência do defensor no Morumbi era cada vez mais difícil, já que o foco de Arboleda é receber uma valorização financeira. Caso não chegue a um denominador comum, o empresário já disse que outros clubes do Brasil e do exterior já demonstraram interesse no jogador.

Arboleda tem contrato com o São Paulo até o meio de 2022, podendo assinar um pré-contrato com qualquer outro clube a partir de dezembro deste ano. Neste caso, ele sairia de graça. Tanto o clube quanto o jogador desejam a renovação, mas precisam chegar no consenso dos valores. Aos 30 anos, Arboleda chegou ao Tricolor em 2017 e criou identificação no clube. Ele tem sido titular nas últimas temporadas.

Jogada10