Após a vitória contra o Palmeiras, Ceni explicou as mudanças no time:

“Mudanças que fizemos foi pensando na maneira que o Palmeiras joga. Independente da formação que jogariam, não sabíamos os nomes que usariam. Tentamos adaptar com o melhor que eles colocassem em campo”.

“Rigoni continua sendo um dos principais jogadores da equipe. Atribuo a lesão que sofreu, a volta da lesão é mais complicada. Hoje fez o melhor na minha opinião, participou mais, fez muito facão. Tem sido útil. Vai ser importante, independente de gols” falou Ceni também sobre Rigoni.

Sobre metas, Ceni explicou:

“Temos que evoluir e não podemos parar por aqui. 45 pontos talvez não seja suficiente para sair, então precisamos vencer e manter o nível de jogo contra o Athlético”.

saopaulo.blog