São Paulo anunciou dois reforços na data limite da janela de transferências internacionais, mas, para isso, teve de abrir mão da certeza que Gabriel Neves e Jonathan Calleri estão fisicamente bem. O jeito, portanto, foi recorrer a uma cláusula no contrato que garante ao clube o direito de rescindir o contrato desses atletas em caso de “surpresas” nos exames médicos.

Geralmente os jogadores realizam exames médicos antes de assinarem contrato com um novo clube. O problema é que a diretoria são-paulina correu contra o tempo na última segunda-feira para coletar documentos e realizar todos os trâmites burocráticos para concretizar as contratações até às 23h59.

Todo clube busca se proteger contra possíveis riscos de fechar contrato com um jogador que, na verdade, pode não estar saudável. Foi justamente isso que acabou melando a ida de Paulinho Boia para o Cruz Azul, do México. Nos exames realizados pelo atleta, foi constatado um problema na cartilagem do seu joelho, motivo suficiente para os mexicanos desistirem da contratação.

Jonathan Calleri e Gabriel Neves assinaram contrato com o São Paulo até o fim de 2022. Ao fim deste período, o Tricolor poderá ficar com a dupla em definitivo, mas, para isso, terá de desembolsar milhões de reais.

Para ficar com Jonathan Calleri, o São Paulo precisará pagar R$ 15,5 milhões por 70% de seus direitos econômicos. Já para manter Gabriel Neves, o Tricolor terá de desembolsar R$ 8,7 milhões. Vale lembrar que o clube já desembolsou 300 mil dólares (R$ 1,5 milhão) por cada um dos jogadores para tê-los até dezembro de 2022.

Gabriel Neves deve iniciar sua trajetória como jogador do São Paulo nesta terça-feira, quanto será incorporado ao elenco no CT da Barra Funda, tendo seu primeiro contato com os companheiros. Sua apresentação oficial está prevista para o fim da semana.

Jonathan Calleri, por sua vez, é esperado em São Paulo na próxima quinta-feira para fazer exames. Como o elenco folga sábado e domingo, o argentino deve começar a treinar no CT apenas na semana seguinte, quando também está prevista a sua apresentação oficial.

Gazeta Esportiva