O argentino Rigoni foi o responsável por marcar os dois gols no empate do São Paulo contra o Fortaleza ontem pela Copa do Brasil. Mesmo com um resultado não tão bom para o São Paulo, o atacante conseguiu de destacar.

Em entrevista coletiva após a partida, o camisa 77 foi questionado sobre a situação do departamento médico do São Paulo e a grande quantidade de jogadores lesionados na temporada. Ele isentou os médicos do clube e deu dois motivos para o problema. 

“Não tenho nada para dizer sobre o departamento médico, para mim trabalham muito bem. As lesões e tudo o que está ocorrendo, é por um calendário tão apertado que tem o futebol brasileiro e a exigência que nós temos por nossa ideia de jogo. Tantas partidas, com tanta alta intensidade, nos custa lesões. Não há muito tempo para recuperação. Acredito que o corpo médico e todo o clube fazem o possível para que estejamos todos em perfeitas condições” – afirmou Rigoni.

Rigoni já foi um dos desfalques do São Paulo por lesão nesta temporada, ele se lesionou na partida contra o Internacional no Campeonato Brasileiro e desfalcou o tricolor nos três jogos seguintes da competição.]

No momento, Crespo tem no departamento médico o zagueiro Arboleda, o lateral-esquerdo Welington, o volante William e o atacante Marquinhos. 

No entanto, a comissão técnica teve o retorno de Benítez e Luciano nas últimas partidas, mas a dupla precisa de mais ritmo de jogo para voltar as grandes atuações do começo desta temporada. 

Mercado do Futebol