Apesar da janela estar próxima de fechar, a internacional, o São Paulo ainda não desistiu de reforçar o plantel.

Zagueiro, volante e centroavante, não são nenhuma novidade para ninguém essas carências.

O que pega hoje é o mesmo que antes, nomes que convençam a Comissão Técnica de que valerão a pena e que caibam no bolso, sendo significativos em resultado e rendimento.

Apesar de muitas alegações e nomes que pipocam daqui e dali, o São Paulo estuda e busca alternativas que sejam consenso entre Crespo, Diretoria, Muricy etc e sejam viáveis.

O desejo de ter jogadores e reforçar não é maior da promessa de uso da base e austeridade.

Crespo estava e está ciente de todos os movimentos, nunca foi iludido, enganado ou sacaneado. Seus discursos na mídia estão alinhados com a Direção, tudo que ele falou foi discutido e não vomitado em desabafo, ele é maduro e profissional.

O trabalho segue consciente e alinhavado. Não tem ruído, rusgas ou conflitos.

São Paulo.blog