O São Paulo enfrenta o Palmeiras nesta terça-feira, às 21h30 (de Brasília), pela volta das quartas de final da Libertadores, contando com muitos jogadores formados em suas categorias de base. Nomes como Gabriel Sara, Igor Gomes, Rodrigo Nestor, entre outros, deverão compor o elenco tricolor que vai em busca da classificação, e, pelo menos no palco deste Choque-Rei, os garotos de Cotia não costumam decepcionar.

Há poucos anos, em 2018, muitos dos jogadores que integram o elenco profissional estavam disputando a Supercopa do Brasil sub-20. A disputa pelo título, que colocava frente a frente o campeão do Campeonato Brasileiro e o campeão da Copa do Brasil, valia vaga na Libertadores da categoria, e o São Paulo mostrou por que tem uma das melhores categorias de base do País.

Walce, Diego Costa, Gabriel Sara, Igor Gomes, Rodrigo Nestor e Welington, que atualmente fazem parte do elenco profissional do Tricolor, estavam nessa partida, alguns como titulares, outros como reservas. Toró, que está emprestado ao Atlético-GO, e Antony, vendido ao Ajax no ano passado, também faziam parte da equipe sub-20.

Contra o Palmeiras, que contava com nomes como Patryck de Paula, Wesley e Lucas Esteves, o time sub-20 do São Paulo perdeu por 2 a 1 o jogo de volta, no Allianz Parque, resultado que levou a decisão para os pênaltis. Na marca da cal, o Tricolor acabou levando a melhor, por 5 a 4, e os torcedores alviverdes que estavam nas arquibancadas tiveram de aguentar a provocação da molecada de Cotia.

No ano seguinte, alguns dos jogadores que haviam vencido a Supercopa do Brasil sub-20 já integravam o elenco profissional, casos de Igor Gomes e Antony, que voltaram ao Allianz Parque desta vez para um desafio muito mais importante. São Paulo e Palmeiras se enfrentaram pela semifinal do Campeonato Paulista de 2019, e as duas crias de Cotia estiveram em campo, ajudando a calar o estádio alviverde completamente lotado com a histórica classificação do Tricolor à grande decisão do Estadual.

De lá para cá, o Palmeiras venceu apenas um Choque-Rei no Allianz Parque, por 3 a 0, pelo Brasileirão de 2019, quando o técnico Fernando Diniz iniciava seu trabalho à frente do Tricolor. Desde então, as duas equipes se enfrentaram três vezes no estádio alviverde, com duas vitórias do São Paulo e um empate.

Nesta terça-feira, os jovens revelados em Cotia terão mais uma oportunidade de fazer história em pleno Allianz Parque, se consolidando como verdadeiros carrascos do Palmeiras. O Verdão jamais venceu o São Paulo na Libertadores, mas jogará pelo empate sem gols após o 1 a 1 na ida, no Morumbi.

Gazeta Esportiva