Sempre gostei muito de assistir as entrevistas do Muricy Ramalho, que na minha concep√ß√£o, √© o maior nome do S√£o Paulo de todos os tempos. Al√©m de traduzir como ningu√©m o que √© ser s√£o paulino, veio das divis√Ķes de base, jogou no profissional, foi campe√£o como jogador, assistente do maior t√©cnico da nossa hist√≥ria, t√©cnico e tri campe√£o brasileiro, seguido. Feito √ļnico na hist√≥ria de um clube nacional, neste modelo de campeonato. Hoje, √© ele quem coordena o futebol do S√£o Paulo. E vem do Muricy a ideia que permear√° todo o nosso assunto: 2022. Quando ainda era comentarista na Sportv, disse em entrevista, falando sobre o tri-brasileiro, que aquele time era pensado sempre um ano antes. Eles j√° sabiam quem iria sair e portanto come√ßavam cedo a tra√ßar um plano de reposi√ß√£o e reajuste do elenco. Esse artigo, serve para auxiliar o mestre. √Äs vezes, tenho a sensa√ß√£o de que est√° sozinho.

A primeira grande mudan√ßa precisa ser na renova√ß√£o da parte m√©dica e fisiol√≥gica do clube. A grande quantidade de jogadores machucados n√£o √© por causa do Paulista, que estreitou as datas de jogos do clube, causando as seguidas les√Ķes. O S√£o Paulo vem apresentando um alto n√ļmero de lesionados h√° tempos e tamb√©m apresenta dificuldade para recuperar atletas. Basta ver os casos recentes de Hernanes e Luciano. O primeiro, desde que voltou para a sua √ļltima passagem, nunca conseguiu recuperar a forma e se lesionou enumeras vezes. J√° o atacante sensa√ß√£o de 2020, vive um 2021 com mais tempo no DM do que em campo. S√£o exemplos que fazem parte do cotidiano do clube, basta conferir essa mat√©ria de 2019:

https://www.espn.com.br/futebol/artigo/_/id/5319716/sao-paulo-sofre-com-lesoes-em-2019-e-tem-quase-um-time-no-dm-veja-quem-sao

Em 2018 o S√£o Paulo teve 44 les√Ķes de jogadores ao longo do ano e se acham o n√ļmero elevado, vejam que em 2017, esse n√ļmero foi ainda maior, 55. Portanto a raz√£o das les√Ķes n√£o √© epis√≥dica, √© t√©cnica e est√° no REFFIS.

Agora vamos para o elenco! Sabe aquela frase, todo time come√ßa por um bom goleiro. Pois √©, n√£o temos. O Volpi nos ajudou em v√°rios momentos, salvando bolas imposs√≠veis. Inclusive, vencemos jogos por causa de suas atua√ß√Ķes, mas tamb√©m perdemos por falhas t√©cnicas, algumas grosseiras, como contra o Cear√° pelo campeonato brasileiro de 2020, quando tentou driblar o atacante L√©o Chu e perdeu a bola, entregando o empate em um momento crucial do ano. Contra o Palmeiras, no jogo mais importante de 2021, pela Libertadores, outra falha absurda. Se quisermos ter um time linear, precisamos investir na posi√ß√£o. Vou sempre dar algumas op√ß√Ķes para a dire√ß√£o do clube porque outro setor que parece n√£o funcionar √© o de an√°lise de mercado. Pois bem, para o gol, sugiro os nomes de Ivan (Ponte Preta), Santos (Atl√©tico-PR), Neto (Barcelona) e Rafael (Reading). Alguns jovens, outros experientes.

Outra posição preocupante é a zaga. Arboleda, Miranda e Léo não tem um reserva a altura. Infelizmente, Bruno Alves, que chegou a ser um dos melhores do país em 2018, caiu de rendimento e não consegue recuperar a forma. Diego é aposta e Rodrigo não deve ter o contrato renovado. O time precisa de no mínimo um bom nome para o setor. Aqui estão alguns que podem preencher essa lacuna: Ricardo Graça (Vasco), Nino (Fluminense) e Léo Ortiz (Bragantino).

A primeira vol√Ęncia tamb√©m tem um vazio. Apenas Luan √© de origem. Crespo vem utilizando Lizieiro e Rodrigo Nestor, mas ambos s√£o jogadores mais t√©cnicos, sem cacoete de marcador. Precisamos de um bom nome ali, para revezar quando preciso. Dois bons nomes s√£o Souza (Besiktas) e Rodrigo Dourado (Internacional).

Com a inconst√Ęncia f√≠sica do Benitez (outro que o REFFIS n√£o d√° conta), um meia para disputar a posi√ß√£o √© outro alvo importante. No elenco, n√£o temos ningu√©m com as caracter√≠sticas do argentino. Com passe acima da m√©dia, vis√£o de jogo, rapidez de racioc√≠nio e capaz de fazer triangula√ß√Ķes que lembram Ra√≠, Palhinha e M√ľller. Essa posi√ß√£o, infelizmente, n√£o consigo ver ningu√©m de f√°cil acesso. Ser√° preciso ir para o mercado sul-americano ou perif√©ricos como chin√™s, japon√™s, russo…

Por fim, faltam centroavantes! Isso a diretoria já sabe. Pablo não dá! Nem Vítor Bueno. Os nomes mais fáceis de investimento são Cano (Vasco) e Gilberto (Bahia) por terem contratos perto do fim mas Arthur Cabral do Basel é um nome interessante. Jovem e com muito talento.

O S√£o Paulo √© gigante como diz Muricy mas n√£o pode mais contar apenas com o seu tamanho. √Č preciso ficar em p√©! E por enquanto, essas s√£o as pedras no caminho, que vez ou outra, nos derrubam. Vamos S√£o Paulo!

Rodrigo C. Vargas (Insta @rodrigovargasss) √© jornalista e psic√≥logo. √Č tamb√©m s√£o paulino assim como todos na fam√≠lia, desde o av√ī.¬†