O técnico Hernán Crespo evitou falar sobre as polêmicas declarações de Daniel Alves após a conquista da medalha de ouro em Tóquio. O jogador expôs o São Paulo, que tem uma dívida com ele, em entrevista depois da final contra a Espanha, sugerindo que dá muito mais ao São Paulo do que recebe do clube.

“Vou aproveitar para parabenizar a Seleção Brasileira pelo ouro. Situações pessoais e contratuais eu não quero entrar. Para mim, Daniel é um grandíssimo jogador”, comentou Crespo, se esquivando de polêmica.

O São Paulo tem dívida com Daniel Alves herdada da gestão Leco. A nova diretoria tricolor ainda não arcou com os salários atrasados do jogador e vem tentando encontrar um equilíbrio financeiro em meio a tantas obrigações financeiras.

Independentemente da polêmica entrevista do camisa 10 são-paulino, o técnico Hernán Crespo planeja uma conversa com um de seus principais atletas para saber se ele terá condições físicas de enfrentar o Palmeiras na próxima terça-feira, pela ida das quartas de final da Copa do Brasil. Jogam contra o retorno de Daniel Alves à equipe o desgaste da longa viagem, o fuso horário e o fato de não ter treinado com o elenco tricolor nas últimas semanas.

“Falarei com ele, vamos a ver em que situação ele está e vamos escolher o que acredito que será a melhor opção para o São Paulo”, concluiu.

Gazeta Esportiva