O São Paulo esteve envolvido nos últimos jogos em lances polêmicos dentro de campo. O lateral Reinaldo criticou a arbitragem brasileira e destacou que falta critério dos profissionais durante o jogo, causando confusão até para os próprios jogadores.

A principal repercussão envolvendo o tricolor paulista veio no clássico diante do Palmeiras. No Choque-Rei, a equipe do Morumbi teve um gol e pênalti anulados, além de Rigoni ter sido expulso.

“Tem partidas que a gente procura, mas é difícil entender os critérios da arbitragem. Sempre quando tem uma falta, seja a nosso favor ou contra, ele deixa o jogo seguir e em outras ele dá falta – fica confuso, a gente chega a falar que não está tendo critério”, comentou Reinaldo em entrevista ao canal SporTV.

“Em muitos jogos tem falta de critério, seja para a gente ou o adversário… Precisa de critério para ficar um jogo mais jogado, mais disputado, para a gente e o adversário, deixar rolar mais o jogo. O mais importante é um jogo dinâmico, não só para os jogadores, mas para quem está assistindo também”, disse o lateral do São Paulo.

Na partida da última quarta-feira, pela Copa do Brasil, a equipe paulista derrotou o Vasco e viu dois cruzmaltinos receberem o cartão vermelho. O clube carioca também contestou as decisões da arbitragem.

Reinaldo também destacou a importância dos jogadores dentro de campo, em evitar cavar faltas e tumultuar o evento. Ainda assim, priorizou as atitudes da arbitragem como essenciais.

“Os jogadores têm que ajudar também a arbitragem, mas quem manda no jogo é o juiz. Principalmente em termos de critérios. O jogador brasileiro sempre tenta valorizar ao máximo para conseguir a falta, mas tenho certeza que alguns lances dá para ficar em pé e não mexer muito no critério da arbitragem”, completou.

O São Paulo visita o Athletico-PR neste sábado, às 18h, pelo Campeonato Brasileiro. Em seguida, o tricolor se volta completamente para as quartas da Libertadores, em que enfrenta o rival Palmeiras.

Gazeta Esportiva