O primeiro jogo entre São Paulo e Racing – que acontece nesta terça-feira(13), às 21h30, no Morumbi, pelas oitavas de final da Copa Libertadores -, não terá público. O governo estadual manteve a lei dos portões fechados desde o início da pandemia da Covid-19, e os torcedores não poderão estar presentes no palco do jogo.

Nesta semana, a Conmebol, entidade máxima do futebol sul-americano, emitiu um comunicado em que autorizava a presença de público nos torneios que organiza, mas apenas se as autoridades locais liberassem. O Governo de São Paulo não pretende fazer alterações nas determinações de protocolo contra a Covid-19, pelo menos, até quarta-feira(14), quando o governador João Doria realizará uma coletiva. Qualquer mudança de público nos estádios só será permitida a partir de quinta-feira(15). Assim, o Tricolor Paulista só seria beneficiado com a presença de sua torcida, caso avançasse na competição.

A Conmebol definiu um novo protocolo para a  volta dos torcedores aos estádios. A entidade pede que as pessoas que forem ao evento apresentem teste PCR negativo ou que já tenha tomado as duas doses da vacina. Também está proibida a entrada nos estádios de menores de 18 anos, grávidas e pessoas com comorbidades.

Jogada 10