O brasileiro Daniel Alves, lateral-direito do São Paulo, aparece na lista dos maiores devedores elaborada pela Agência Tributária da Espanha, que expõe anualmente empresas e pessoas físicas que devem mais de 1 milhão de euros (R$ 6,1 milhões) e cujas não foram quitadas até 31 de dezembro de 2020.

De acordo com o documento, Daniel Alves, que deixou a Espanha em 2016, quando trocou o Barcelona pelo Paris Saint-Germain, deve 2,1 milhões de euros (R$ 12,2 milhões) ao fisco espanhol referentes ao não pagamento de Imposto de Renda.

Além de Daniel Alves, outros nomes ligados ao esporte estão na lista, como o italiano Carlo Ancelotti, técnico do Real Madrid, com uma dívida de 1,5 milhão de euros, e o vice-presidente do Sevilla, José María del Nido Carrasco, com uma dívida de 1,7 milhão.

Neymar sai da lista

Atualmente no Paris Saint-Germain, Neymar aparecia até o ano passado como primeiro colocado da lista, com uma dívida de 34,6 milhões de euros. Neste ano, porém, o nome dele não consta da relação. A Agência Tributária da Espanha não informa, no entanto, se o jogador quitou integralmente sua dívida ou se a reduziu a um valor abaixo de 1 milhão de euros. Há ainda a possibilidade dele ter obtido um acordo para o pagamento ou uma suspensão temporária dos débitos.

Jogaa10