São Paulo tem sofrido com o grande número de desfalques e viu a lista aumentar ainda mais no último final de semana. Confirmada a lesão de Miranda, o técnico Crespo vai precisar buscar uma solução para manter ou até melhorar a consistência defensiva da equipe.

Miranda retornou ao Morumbi para ser um pilar na equipe de Crespo, e não tem sido diferente. O zagueiro entrou em campo em 14 oportunidades – foram oito vitórias, quatro empates e apenas duas derrotas (Atlético-GO e Atlético-MG), um aproveitamento de 64,2% do tricolor.

A queda no aproveitamento do São Paulo é considerável sem Miranda em campo – quase 10%. São 13 jogos: seis vitórias, quatro empates e três derrotas – com uma porcentagem de 56,4%.

Miranda não deve ser o único desfalque defensivo nos próximos compromissos. Além do brasileiro, o zagueiro Arboleda defende a seleção do Equador na Copa América e complica ainda mais a vida do tricolor.

Outros desfalques são Daniel Alves, Luan e Martín Benítez – todos com problemas físicos. Os dois últimos em processo final de recuperação.

São Paulo volta a campo nesta quarta-feira, às 19h, diante da Chapecoense. A partida acontece no Morumbi e as duas equipes buscam a primeira vitória na competição.

Gazeta Esportiva