O técnico Hernán Crespo vem tendo muitos motivos para comemorar nestes últimos tempos. Com um elenco recheado de opções, o comandante argentino vê dois atletas se consolidando no meio-campo do São Paulo: Martín Benítez e Gabriel Sara.

Juntos, Benítez e Sara participaram de seis dos oito gols marcados pelo São Paulo no mata-mata do Campeonato Paulista. Em dois jogos, são dois gols, quatro assistências, oito finalizações e 11 chances de gol criadas.

Apesar de aparecer na escalação como um segundo atacante, Benítez é essencialmente o meia armador do São Paulo. Em 11 jogos, sete deles como titular, o argentino conta com uma média de 89% de acerto nos dribles tentados. E é justamente clareando as jogadas que o “Lobo”, como é apelidado, vem conseguindo deixar seus companheiros na cara do gol. Foram três assistências nas duas últimas partidas.

Gabriel Sara, por sua vez, o vice-artilheiro do São Paulo na atual temporada, com quatro gols, atrás apenas de Pablo, com seis tentos. Voltando a ser titular absoluto após uma lesão muscular que o afastou dos gramados por quase dois meses, o meia vem se destacando também pelo seu poder de definição, algo que falta aos seus concorrentes no setor.

Nesta terça-feira, contra o Racing, pela Libertadores, a tendência é que ambos não sejam titulares. Benítez e Gabriel Sara deverão ser poupados para a grande final do Campeonato Paulista, abrindo espaço para nomes mais jovens, como Nestor e Talles, mostrarem seu futebol.

Gazeta Esportiva