O São Paulo finalmente anunciou Hernán Crespo como o treinador escolhido para substituir Fernando Diniz. O ex-jogador de 45 anos inicia seu trabalho no Tricolor ainda nesta temporada, porém, longe dos campos, sem o comando direto do elenco. E, a chegada do argentino fez Gian Oddi, comentarista dos canais ESPN, alertar o treinador para o cargo difícil que vai ocupar.

“O cargo de técnico do São Paulo é o mais difícil do futebol brasileiro, aquele com mais pressão, que os resultados precisam ser imediatos e tem sido assim há anos. Não é à toa que nenhum técnico não para ali. E mesmo o técnico que foi líder desse Campeonato Brasileiro sofria pressão durante essa liderança. Então, é muito complicado”.

Além da pressão por acabar com o jejum de títulos, que dura desde a Sul-Americana de 2012. Desde então, foram 14 trocas no comando do time tricolor. Por esse histórico, Gian explica porque acredita na aposta em Crespo pode ser positiva para o São Paulo.

O que esperar do Crespo? Não vejo motivos para dizer que é certeza que as coisas vão andar, mas também não dava para dizer isso com nenhum outro técnico, nesse contexto. E, qualquer contratação do São Paulo seria uma aposta. Mas, entre essas apostas, eu acho o Crespo uma boa. Pelo que a gente viu agora no Defensa y Justicia e pelo que ele falou de futebol, mostrou inteligência. Claro, tem toda a dúvida sobre sua experiência, mas, por outro lado, entre os técnicos sem experiência, a gente fala de um cara que os jogadores do São Paulo conhecem, por toda sua carreira de jogador e que deve conseguir um respeito por isso”, argumentou.

O São Paulo está no G4 do Brasileirão com 59 pontos e encara o Grêmio, em Porto Alegre, pela próxima rodada, no domingo (14).

UOL