O FC Cincinnati, dos Estados Unidos, reforçou o desejo do São Paulo em criar uma parceria após a negociação de Brenner, que renderá mais de R$ 81 milhões aos cofres do clube do Morumbi no mercado da bola.

A franquia da MLS (Major League Soccer) informou à coluna UOL De Primeira que há o plano de trabalhar ao lado do Tricolor paulista no futuro e diz que ainda não há uma definição sobre os moldes de uma eventual sociedade:

“Nada específico para compartilhar sobre uma parceria, no entanto, há interesse mútuo entre os dois clubes em trabalhar juntos no futuro”, explicou o FC Cincinnati, por meio de comunicado.

A reportagem apurou que a intenção é fazer um trabalho envolvendo as categorias de base dos dois clubes. Porém, não há mais detalhes sobre o projeto.

UOL