Nesta quarta-feira o São Paulo acertou a prorrogação do contrato de empréstimo de Antonio Galeano, 20 anos, até o final de janeiro. O atacante pertence ao Rubio Ñu, do Paraguai, e seu contrato com o Tricolor Paulista terminaria quinta-feira (31 de dezembro).

O novo empréstimo manteve as mesmas condições para uma opção de compra futura, ou seja, caso o São Paulo queira efetivar essa opção terá que desembolsar 600 mil dólares (R$ 3,1 milhões) por 60% dos direitos econômicos.

A extensão do contrato foi feita pela diretoria de Leco, que encerra seu ciclo no clube do Morumbi dia 31. Portanto caberá a Júlio Casares, novo presidente do São Paulo, decidir qual será o futuro do paraguaio.

Destaque na base do São Paulo com 12 gols, Galeano é visto nos bastidores do clube como um jogador de grande potencial. O técnico Fernando Diniz já mostrou interesse em contar com o jogador, que já foi relacionado para jogos do elenco profissional. No entanto o técnico ainda prefere trabalhar com cautela a transição do atacante para o profissional que segue no sub-20.

Gazeta Esportiva