Isolado na artilharia do São Paulo nesta temporada, o atacante Brenner voltou a ser protagonista no Maracanã. Diante do Fluminense, clube que defendeu em 2019, mas sem sucesso, o artilheiro balançou as redes duas vezes e, faltando 11 rodadas para o fim do Brasileirão, chegou a seu 22º gol no ano. Com o tropeço do Flamengo contra o Fortaleza, o São Paulo voltou a abrir sete pontos de vantagem para o segundo colocado Atlético-MG, que divide o posto justamente com o Galo de Sampaoli.

Prestes a completar 21 anos, já que nasceu em 16/01/2000, o centroavante Brenner foi criado nas categorias de base do São Paulo. Ao lado de Luan, Igor Gomes, Gabriel Sara e outros jovens, o atacante vem se tornando um dos grandes destaques da temporada. Identificado com Diniz, treinador com quem trabalhou nos tempos de Flu, Brenner vive seu melhor ano na carreira.

Brenner e os jogos decisivos

Não bastasse o alto poder de decisão de Brenner nas partidas do Campeonato Brasileiro, o atacante também vive ótima fase na Copa do Brasil. Diante do Fortaleza, pelas oitavas de final da competição, por exemplo, foi dos pés dele que saíram quatro dos cinco gols que ajudaram a equipe a se classificar nas cobranças de pênaltis.

Nas quartas, o São Paulo encarou o Flamengo. No jogo de ida, vitória por 2 x 1 para os paulistas em pleno Maracanã. Mais dois de Brenner. O rubro-negro carioca, aliás, também foi vítima de Brenner pelo Brasileirão. No início de novembro, o centroavante ajudou o São Paulo a golear o rival pelo placar de 4 x 1. Novamente disputada no Maracanã, a partida também teve Tiago Volpi, que defendeu dois pênaltis, como um dos grandes destaques.

Assim como os demais companheiros, Brenner voltará a campo na noite desta quarta-feira (30) para encarar o Grêmio de Renato Gaúcho. Válida pela volta das semifinais da Copa do Brasil, a partida será disputada no Morumbi. Após ser derrotado por 1 x 0 na Arena gremista, o São Paulo precisa vencer por dois gols de diferença para avançar às finais do torneio.

Esporte News Mundo