A dupla ofensiva do São Paulo vem fazendo um grande trabalho nesta reta final de 2020. Brenner e Luciano marcaram até agora 19 dos 38 gols marcados pelo Tricolor no Campeonato Brasileiro mesmo não iniciando a competição como titulares.

Brenner, por exemplo, se tornou primeira opção de Fernando Diniz apenas na 14ª rodada do Campeonato Brasileiro, quando o técnico estava extremamente pressionado e dependia de uma vitória contra o Atlético-GO para seguir no cargo. Neste jogo, o atacante revelado em Cotia marcou dois gols e aliviou a barra do técnico tricolor.

De lá para cá, a jovem promessa das categorias de base do São Paulo marcou 14 gols em 16 jogos, sendo sete tentos no Campeonato Brasileiro. Brenner é também o artilheiro do Tricolor na temporada, com 18 gols.

Luciano é um caso ainda mais curioso. Envolvido em uma troca entre São Paulo e Grêmio, o atacante desembarcou no Morumbi já sendo criticado pela torcida, mas, logo em sua estreia, na quarta rodada do Brasileirão, contra o Bahia, marcou o gol que evitou a derrota tricolor em casa.

Desde sua estreia com a camisa do São Paulo, Luciano ficou, no máximo, três jogos sem balançar as redes. Nas últimas sete partidas, o atacante marcou oito gols e vem brigando pela artilharia do Campeonato Brasileiro, com 12 tentos – apenas Thiago Galhardo e Marinho aparecem na frente, com 15 e 14 gols, respectivamente.

Vale lembrar que o São Paulo, ao lado do Flamengo, tem o segundo melhor ataque do Campeonato Brasileiro, com 38 gols marcados, ficando atrás apenas do Atlético-MG, que soma 43.

Gazeta Esportiva