Depois de mais de um mês, o zagueiro Arboleda voltou a ser titular do São Paulo no último sábado, na vitória por 3 a 1 sobre o Bahia, pelo Campeonato Brasileiro. Além de ter atuado durante os 90 minutos, o defensor fez uma boa partida, marcando um dos gols e sendo destaque nos duelos pelo alto.

A boa participação do equatoriano deixou a disputa por uma vaga na defesa do São Paulo ainda mais acirrada. Diego Costa e Bruno Alves, titulares nos últimos jogos, não estiveram à disposição de Fernandi Diniz contra o Bahia, enquanto Léo formou a dupla de zaga ao lado de Arboleda. Apesar da forte concorrência, o camisa 5 mostrou elogiou os companheiros e depositou confiança nas escolhas do técnico tricolor.

“Nesse momento só penso em seguir trabalhando e continuar aproveitando as novas oportunidades. Sabemos que a defesa está bem servida, com jogadores de alto nível e o professor Diniz saberá o melhor para a equipe. Só quero continuar ajudando os meus companheiros para conseguir o que nós e todos torcedores querem no final que é o título brasileiro”, disse Arboleda.

Além do gol conta o Bahia, o zagueiro já tinha marcado contra o Binacional, pela Libertadores, em sua última partida como titular. Pela seleção equatoriana, o defensor também balançou as redes recentemente, na goleada por 6 a 1 sobre a Colômbia. O jogador comemorou a fase artilheira, mas ressaltou que seu foco é na defesa.

“Fico muito feliz com essa fase que estou vivendo tanto na seleção quanto no clube. Minha função é defender, mas se precisar também posso contribuir com alguns gols. Espero ajudar a equipe da melhor forma possível. O importante é que o São Paulo siga nessa boa fase para poder ser coroado no final da temporada. Vou seguir trabalhando para estar pronto quando surgir novas oportunidades”, afirmou.

Por fim, Arboleda ainda falou sobre a vontade em conquistar um título pelo São Paulo. O equatoriano, que está no Tricolor desde 2017, sabe da necessidade de encerrar a seca de conquistas do clube.

“Sabemos o quanto o torcedor está querendo e merecendo um título. Há alguns anos o São Paulo não consegue nada e a gente sabe disso e da importância de seguirmos trabalhando para que no final possamos erguer a taça de campeão. Ainda não tem nada decidido, mas vamos continuar no mesmo foco para manter o mesmo rendimento das últimas partidas”, concluiu.

Gazeta Esportiva